Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




ExposiçãoMatosinhos2.pngExposiçãoMatosinhos3.png

ExposiçãoMatosinhos1.pngConcursoMatosinhos3.png

 

 

No passado dia 20, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca (BMFE), em Matosinhos, decorreu a final da 2.ª fase do concurso de saberes (questões de cultura geral, com incidência nos conhecimentos sobre o património, a economia ou a demografia do concelho) destinado aos alunos do 7.º ano de todas as escolas do concelho.

 

Na 1.ª fase do concurso, no final de janeiro, cada escola apurou quatro alunos que se deslocaram depois à BMFE para a fase seguinte, na qual foram selecionados para a sessão final 10 concorrentes. Entre as duas fases, os participantes puderam visitar a Biblioteca Municipal e assistir a momentos culturais proporcionados por alunos de várias escolas do concelho. O vencedor e todos os finalistas receberam um prémio, entregue pelos Vereadores da Educação e da Cultura.

 

Esta foi uma das três vertentes do projeto Em terra de mar, alunos a criar - que se insere na proposta Ler+ Mar, do Plano Nacional de Leitura - dinamizado pelos professores bibliotecários de Matosinhos e pelo coordenador do SABE (Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares). A escolha do dia 20 de março como ponto culminante das atividades pretendeu mobilizar os intervenientes para a Semana da Leitura 2015.

 

Outra das vertentes do projeto consistiu num concurso de trabalhos sobre Matosinhos (gráficos, escritos ou multimédia) destinado a alunos do ensino secundário, cujos prémios foram também entregues naquela data. A terceira atividade - uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos do pré-escolar e dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico sobre o património de Matosinhos - está patente na BMFE até 11 de abril. As três facetas do projeto tiveram como objetivo o conhecimento do património do concelho de Matosinhos e a promoção das literacias da informação, da leitura e dos média, sempre que possível em articulação com as disciplinas do currículo escolar.

 

 

Maria Artur Barros

Coordenadora interconcelhia

raulino.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Etiquetas:

guiadeportugal.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) lançou, no início deste mês, a sua primeira edição em formato ebook, o Guia de Portugal.

Concebido por Raul Proença, o Guia de Portugal foi originalmente editado em cinco volumes, divididos em oito tomos, entre 1924 e 1969, e pretende ser simultaneamente um minucioso roteiro do país, um repertório artístico e uma obra de sóbria literatura descritiva. O histórico registo aborda Portugal de norte a sul, com textos de autores como Afonso Lopes Vieira, António Sérgio, Aquilino Ribeiro, Jaime Cortesão, Júlio Dantas, Raúl Brandão, Reynaldo dos Santos, Egas Moniz, Eugénio de Castro, João de Barros, Orlando Ribeiro, Vergílio Correia, Vitorino Nemésio, José Régio, Miguel Torga e Raúl Lino, que também foi responsável pela imagem gráfica do Guia. (...)

Os vários tomos, agora disponíveis em ebook, podem ser comprados ou alugados, por períodos de 3, 60 ou 180 dias, nos sites ebooks.gulbenkian.pt e www.montra.gulbenkian.pt e são compatíveis com qualquer dispositivo com acesso à internet e a um browser, seja um telefone, tablet ou computador, com preços que variam entre 1€ e 9€.

 

O plano de edições digitais da FCG prevê a publicação de um conjunto de 26 obras onde se incluem autores como Ájax, Sófocles, Anthony Giddens, Agustina Bessa-Luís e Eduardo Lourenço.

reporteresdeguerra.jpg

 

 

 

 

 

 

No quadriénio em que se comemora o centenário da 1.ª Guerra Mundial, o novo Workshop do Media Lab vai desafiar os alunos a serem “Repórteres de Guerra” através da análise de um dossier temático previamente preparado, em colaboração com a Associação dos Professores de História, com conteúdos de media e testemunhos da época. 

Alunos do 5.º ao 12.º ano poderão fazer a 1.ª página de Jornal ou um Suplemento de 4 páginas, no qual perceberão como os conteúdos de História são transversais aos temas do dia-a-dia, nomeadamente nas secções de Sociedade, Cultura, Economia, Desporto, Politica e Internacional.

O Media Lab conta consigo e com os seus alunos, a partir do 3º período, para o novo desafio Repórteres de Guerra: um Olhar sobre a I Guerra Mundial”. As inscrições podem ser feitas aqui >>.

 

Esclarecimentos:

Email: medialabdn@dn

Telefone: 210.997.026

Herberto_Helder.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

       Herberto Helder na Wikipédia

 

A poesia de Herberto Helder obriga a colocar esta questão: será que ainda é possível a poesia num mundo completamente secularizado?

 

por António Guerreiro, no jornal "Público".

Ler mais  >>

 

Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor