Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

Ter | 06.12.11

Encontro Rede de Bibliotecas Escolares de Lisboa
























Realizou-se, ontem, o 2º Encontro Rede de Bibliotecas Escolares de Lisboa. Foram oradores principais: José António Calixto, diretor da Biblioteca Pública de Évora,  que falou de conceitos e práticas de colaboração entre bibliotecas públicas e escolares e da evolução que se tem verificado a esse nível; a coordenadora interconcelhia da RBE, Isabel Mendinhos, que se centrou sobre a desejável articulação entre as atividades da biblioteca e as atividades e objetivos curriculares; e ainda Paulo Leitão, responsável pelo sistema de informação da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian e um dos bibliotecários que, desde sempre, tem acompanhado as diferentes aplicações e efeitos da tecnologia no campo das bibliotecas. Abertura, moderação e balanço desta recente rede concelhia, estiveram a cargo dos representantes da edilidade, da DRELVT e de Teresa Calçada.

Seg | 05.12.11

Report: The Future of Learning | CELSTEC



















Report: The Future of Learning | CELSTEC


Relatório publicado em Novembro de 2011 pelo Instituto da União Europeia JRC-IPTS, apresentando uma visão do futuro ideal da aprendizagem a partir de 2020. Nele se destacam a personalização/diferenciação, a colaboração e a aprendizagem informal, no centro da aprendizagem no futuro, exigindo rápidas mudanças holísticas (curriculum, pedagogia, avaliação, lideranças, formação de professores, etc). Estes conceitos, relativamente novos na área da educação e da formação, deverão tornar-se princípios fundamentais da organização do ensino e das aprendizagens, associados à aprendizagem ao longo da vida e à ubiquidade das tecnologias de informação e comunicação.
O quadro que reproduzimos (da p. 41, Fig. 19), compara indicadores pela sua importância e a sua exequibilidade, segundo os especialistas. Como podem as bibliotecas escolares de hoje contribuir para que o mais importante - a aprendizagem personalizada, flexível, interactiva, orientada por cada um daqueles que aprendem - passe a ser também o mais concretizável?

O texto integral em inglês pode ser descarregado do sítio do Instituto, aqui.

Pág. 4/4