Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

Seg | 17.05.10

Ainda o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação 2010



O  Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação, dia estabelecido pela ONU – Organização Mundial das Nações Unidas a 17 de Maio, é uma iniciativa que  visa promover acções de sensibilização e consciencialização pública para os benefícios da utilização da Internet. O tema escolhido para o ano de 2010 é "melhor cidade, melhor qualidade de vida com as TIC" ("better city, better life with ICT’s") e tem por objectivo destacar o importante papel das tecnologias da informação e comunicação (TIC) como catalisadoras da promoção da qualidade de vida das pessoas, da sociedade e da economia.

A UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP , enquanto organismo público com a missão de coordenação das políticas para a Sociedade da Informação em Portugal, associa-se a esta iniciativa, alargando a comemoração nacional do Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação. Assim, tal como em iniciativas anteriores, estimula-se a Rede de Espaços Internet a desenvolver e enquadrar acções de sensibilização e promoção da utilização da Internet e das TIC na temática “melhor cidade, melhor qualidade de vida com as TIC”, até ao final do mês de Maio.

Ler mais >>
Seg | 17.05.10

Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação

O Dia Mundial das Telecomunicações celebra todos os anos a fundação da União Internacional das Telecomunicações em Paris, a 17 de Maio de 1865, e, desde 2007, passou a ser designado por Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação.

A Fundação assinala esta data com uma sessão comemorativa e com a inauguração das seguintes exposições:

- Olho Biónico: Ensaio de Comunicação
- FPC Future Labs 2.0
- Comunicar na República

Ler mais >>
Seg | 17.05.10

Parecer da BAD sobre a Portaria nº 756/2009


Início do parecer da BAD sobre a Portaria n.º 756/2009, aprovado em Abril passado:

A Portaria n.º 756/2009, de 14 de Julho, corresponde a um marco importante  para as bibliotecas escolares portuguesas, que ascendem a mais de 2000 na  Rede de Bibliotecas Escolares, lançada em 1996. Cria a função de professor- bibliotecário e estabelece o procedimento específico para a sua selecção e  afectação nas escolas e agrupamentos de escolas, assim como as regras de  designação de docentes para o cargo de coordenadores interconcelhios da  rede de bibliotecas escolares. Mantém, ainda, uma estrutura de coordenação nacional da rede.

Como representante dos profissionais de informação e documentação, como  entidade que tem apoiado criticamente o Programa Rede de Bibliotecas Escolares desde a sua criação e tendo em conta as recomendações de organizações internacionais1, a BAD insiste no princípio de que a qualidade das bibliotecas escolares depende da qualificação do pessoal responsável pela  sua organização, gestão, dinamização e desenvolvimento. Se não for garantida esta qualificação, compromete-se mesmo o benefício de outros investimentos, igualmente necessários, tais como os que se referem a instalações, equipamentos, fundos documentais e demais recursos. São indispensáveis profissionais devidamente qualificados nas bibliotecas escolares, com formação que congregue competências nos domínios da Biblioteconomia, da Gestão de Informação, da Formação do Utilizador e da Educação.

Ler mais >>