Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Pedro Lamares recita "Poema aos homens constipados", de António Lobo Antunes e "Uma pequenina luz bruxuleante" de Jorge de Sena.

Visto na página do Facebook de "Letras in.verso e re.verso".

Autoria e outros dados (tags, etc)

sic.png

 SIC Notícias | Clique na imagem para aceder ao conteúdo 

 

Rubrica de poesia, às quartas-feiras, no site da SIC Notícias.

Esta semana a jornalista Raquel Marinho lê Alberto Caeiro, o heterónimo de Fernando Pessoa que nasceu em Lisboa mas viveu quase toda a sua vida no campo.

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

fp.png

 Visionar |

 

As sessões do Congresso Internacional Fernando Pessoa, 4.ª edição, que se realizou no passado mês de Fevereiro na Fundação Calouste Gulbenkian, estão agora disponíveis na íntegra no portal Educast.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eça de Queirós

22.07.16

eca_de_queiros.jpg

 por Nuno Costa Santos | Observador | 3 de abril de 2016 |

 

Eça de Queirós ainda explica Portugal?

 

Com as novas edições pela Guerra & Paz e um prémio SPA para "Os Maias" em versão televisiva, tentamos saber se o autor ainda explica o país ou se precisamos de quem faça um retrato sem piedade.

 

  1. Sombra de nós mesmos
  2. Condes de Gouvarinho
  3. Uma aldeia chamada Chiado
  4. A choldra
  5. Temperamento nacional

(...)

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

 

Obras, de Eça de Queirós, disponíveis neste blogue:

Autoria e outros dados (tags, etc)

PT-TT-SNI-ARQF-DO-002-007-000001_m0001.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vergílio Ferreira nasceu em Melo, Gouveia, a 28 de janeiro de 1916, e morreu em Lisboa a 1 de março de 1996.

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

 

 

Clique na imagem para aceder aos conteúdos.

 

Repositório de conteúdos, da RTP, que assinala o centenário de Vergílio Ferreira. 

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

LerNoDouro_BoasPraticas_cartaz.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 24 de outubro, vai decorrer na Escola Básica e Secundária de Vale de Ovil, em Baião,  uma  Mostra das Jornadas Literárias: ler (n)o Douro 2014-15. Promovida pela autarquia, a Mostra será uma forma de divulgar, a toda a comunidade, as boas práticas que surgiram no âmbito do projeto, no passado ano letivo. Poderá ser solicitado o reconhecimento e certificação da Mostra, para professores, como ação de curta duração.

O Projeto Jornadas Literárias Ler (n)o Douro tem como objetivo essencial a promoção da leitura, dando a conhecer a obra de escritores que têm alguma afinidade com a região do Douro ou que escreveram sobre ela.

Desenvolvido com crianças/alunos de todos os níveis de ensino, é aberto à comunidade através da realização de uma jornada literária. Tendo como ponto de partida o autor escolhido, a sua vida e a sua obra, são abordadas temáticas que integram os currículos desde a Educação Pré-Escolar ao Ensino Secundário. A Biblioteca Escolar, impulsionadora do Projeto, apoia todo o trabalho, desenvolvendo competências transversais relacionadas com as literacias da informação, da leitura e dos media.

Mostra_programa.jp

Inscrições >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

anaH.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tinha "uma criança muito viva no lugar do coração e punha-se traquinas", escreveu um dia Valter Hugo Mãe. A artista plástica, poeta, romancista, ensaísta e tradutora Ana Hatherly morreu esta manhã em Lisboa. Tinha 85 anos.

 

Ler mais no Público, 5 agosto >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

glossario.png

 

 

 

 

 

O Glosario da poesía medieval galego-portuguesa (GLOSSA) constitui o primeiro repertório lexical dicionarizado, contextualizado e exaustivo do corpus da lírica profana galego-portuguesa: cantigas de amor, cantigas de amigo e cantigas de escarnho e de maldizer, para além de alguns textos de outros géneros com uma menor representação.

A primeira versão completa do glossário está acessível no site do projeto:http://glossa.gal/.

O GLOSSA nasce no seio do Grupo de Investigación Lingüística e Literaria(ILLA) da Universidade da Corunha, sob a orientação de Manuel Ferreiro como Investigador Principal e com a colaboração de outros membros do ILLA: Xosé Ramón Freixeiro Mato, Xosé Manuel Sánchez Rei, Xoán López Viñas, Leticia Eirín García e Estefanía Mosquera Castro; além de Bieito Arias Freixedo da Universidade de Vigo.

Este Glossário é realizado no âmbito dos projetos de investigação Glosario crítico da poesía medieval galego-portuguesa. I. Cantigas de amor e cantigas de amigo (ref. FFI2009-08917) e Glosario crítico da poesía medieval galego-portuguesa. II. Cantigas de escarnho e maldizer (ref. FFI2012-32801), financiados polo Ministerio de Ciencia y Tecnología e polo Ministerio de Economía y Competitividad, respetivamente, durante o período de 2010 a 2016.

 

Fonte: IILP

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D