Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



alunos_secxxi_1280.jpg

 ensaio de Alexandre Homem Cristo | Observador |

 

O que leva um país cujo sistema educativo o mundo se habituou a invejar a ajustar a sua estratégia? A noção de que o conhecimento já não é suficiente para os jovens. 

 

Um sistema de topo, mas em queda e desactualizado

Porque mudar um sistema educativo que, apesar de tudo, está no topo?

Uma reforma curricular para o século XXI

Incertezas quanto à reforma

So what? Quatro pontos a fixar da reforma curricular finlandesa

 

Que conhecimentos precisarão os jovens de aprender na escola para ultrapassar os desafios da sua vida futura? E, num mundo onde a informação está cada vez mais acessível e à distância de um clique, que competências deverão adquirir? Estas são perguntas necessárias, difíceis e sem resposta única, que todos os ministros da Educação se colocam hoje em dia. Em Portugal, esse processo de reflexão arrancou recentemente com o “perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória” – ou, como ficou conhecido, “perfil do aluno para o século XXI” – que o Ministério da Educação apresentou. Mas, noutros países, esse processo está já concluído.

(...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

mooc.png

 

No âmbito do projeto Ideias com mérito, "Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca", os professores bibliotecários estão a promover um MOOC (Massive Open Online Course) subordinado ao tema "Referências Bibliográficas".

 

 

Alojado na plataforma Moodle do Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria, este recurso está disponível a todos, bastando entrar como visitante.

 

O curso está organizado para alunos do ensino básico, mas é útil para qualquer interessado, podendo ser um precioso instrumento de apoio para que os alunos consolidem a aprendizagem na elaboração de referências bibliográficas com a norma APA - 6.ª edição.

 

Isabel Nina

Coordenadora interconcelhia

Autoria e outros dados (tags, etc)

odio.png

 in Expresso | texto de Katya Delimbeuf | Download do manual |

 

Foi apresentada esta quinta-feira, na Fundação Gulbenkian, a versão portuguesa do manual do Conselho da Europa destinado a combater o discurso de ódio na internet. O Expresso falou com Claúdia Reis e com Margarida Saco, do Instituto Português do Desporto e da Juventude, para perceber o alcance deste recurso

 

É um manual de 214 páginas, que a partir de sexta-feira estará acessível ao público no site do Instituto Português do Desporto e da Juventude. O Expresso antecipa-o. Neste livro grosso está impressa a preocupação da Europa com um fenómeno crescente que inquieta todos: o discurso de ódio, onde se inclui, por exemplo, o 'ciberbullying'.

 

Insultar, discriminar, acossar, atacar, ameaçar através da internet em geral e das redes sociais em particular é, infelizmente, uma realidade que tomou proporções alarmantes: “6% dos utilizadores da internet entre os 9 e os 16 anos na Europa já reportou ter sido alvo de bullying 'online’”, explica Claúdia Reis, responsável do departamento de informação e comunicação do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), que trabalhou de perto na tradução para português do manual. “Portugal não tem ainda estatísticas concretas sobre esta temática, mas trabalha nesse sentido, em conjunto com a Polícia Judiciária”. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

alfabetização.png

 

 

Uma mensagem para o Dia Internacional da Alfabetização 2016
 
Mensagem de Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO, por ocasião do 50º aniversário do Dia Internacional da Alfabetização


Por 50 anos, o Dia Internacional da Alfabetização tem celebrado a alfabetização como uma forma de empoderamento para mulheres e homens, e para a sociedade como um todo.

Temos visto grandes progressos desde 1966, ano em que a UNESCO proclamou o Dia Internacional da Alfabetização. A população mundial aumentou de forma substancial, mas a quantidade de jovens adultos sem habilidades de leitura e escrita foi reduzida em 25% entre 1990 e 2015. Têm havido movimentos que visam a melhorar as oportunidades de alfabetização das mulheres – 43 países mostraram grandes melhorias em relação à paridade de gênero. O movimento mundial de Educação para Todos encabeçou muitas mudanças positivas.

Porém, isso não é o bastante. Hoje, existem ainda 758 milhões de adultos que não são capazes de ler ou escrever uma frase simples. Dois terços deles são mulheres. Na periferia da aldeia global, essas pessoas não recebem nenhum dos benefícios da globalização e sofrem todos os seus custos. Essas mulheres e esses homens são mais vulneráveis a problemas de saúde, à exploração e a abusos de direitos humanos. Eles também são mais propensos ao desemprego e ao recebimento de salários mais baixos. Incapazes de ler ou escrever, eles não conseguem realizar seu potencial pleno, e comunidades inteiras permanecem presas em círculos viciosos de pobreza, os quais fornecem as condições para a violência e os conflitos. (...)

                                                    

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

SINOPSE:
É essencial a uma sociedade saudável ter cidadãos que saibam interpretar o que veem, leem e ouvem. Mas também a saber produzir conteúdos, já que, agora, todos podem ser produtores de media.

 

Visto aqui.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

youtubers_livros.gif

por Nuno Costa Santos | Observador

 

Afirmaram-se na internet com muitos seguidores. E há os que, como Miguel Luz, agora editam livros. Nuno Costa Santos quis saber mais sobre este universo, para o entender e ser admirado pelos filhos.

 

Ao cheirar as novidades de uma livraria de um centro comercial lisboeta com nome de navegador genovês, percebi haver um livro novo em destaque: Curso Intensivo para Sobreviveres à Escola – Um guia completo da escola sob a visão de um puto moderadamente totó (Manuscrito, 2016). Topei ser da autoria de Miguel Luz, destacado youtuber (info extremamente esclarecedora para pessoas com mais de 40 anos: youtuber é alguém que faz vídeos para o Youtube. Obrigado). Eterno estudante, resolvi folheá-lo. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

 

Canais portugueses:

Autoria e outros dados (tags, etc)

eBook.png

 Falces, Á. [e-Book] La formación de usuarios y el uso de la

información:Una experiencia didáctica en la biblioteca

del Colegio Público de Falces (Navarra).

Pamplona, Gobierno de Navarra. Departamento de Educación. 2005

 

Relato de uma experiência realizada pelos professores do Colegio Público de Falces na biblioteca escolar, sob a coordenação do professor Francisco Soto.

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

Live Video Streaming Services

Registo vídeo do evento "IV Encontro de bibliotecas escolares do Alentejo - Ler e formar leitores no século XXI - Novas literacias" que decorre no dia 4 de julho de 2016.

 

Programa

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

tiscar_lara.png

 Autora: Tíscar Lara | leer.es |

 

Descarregar

 

Encontramo-nos num contexto sociocultural caracterizado por uma forte crise de modelos de autoridade e mediação, onde cada vez há mais acessibilidade às fontes de informação e maior necessidade de transformar os dados em conhecimento. Esta situação gera um estado de incerteza constante marcado pela convivência com sistemas abertos e instáveis que nos obrigam a filtrar a sobreabundância de informação, enquanto construímos a nossa identidade digital num cenário de sobre-exposição pública.

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

APA.png

 Clique na imagem para aceder ao manual

 

Rojas Sabogal, A. L. [e-Book] Manual de Citación Normas APA. Bogotá, Universidad Externado, 2015

 

Conteúdo:

  • La importancia de citar
  • Manual de citación APA
  • ¿Cómo citar?
  • La lista de referencia

 

Manual de Citación Normas APA por Biblioteca Universidad Externado de Colombia se distribuye bajo una Licencia Creative Commons Atribución- NoComercial 4.0 Internacional.

Compilado por: Ana Lorena Rojas Sabogal

 

Conteúdo relacionado:

 

Ferramentas:

 

APPS:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D