Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

A Rádio Miúdos entrevista o senhor Ministro da Educação.

Onde se fala de livros, leituras e escrita.

 

Aconteceu ontem, dia 20 de abril, no evento de encerramento da 1.ª edição da iniciativa "Miúdos a Votos".

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Adelina Moura lidera o projeto "Viciados em Livros" (Ler por prazer) que promove a leitura através da produção de trailers de livros. Veja-os aqui.

 

 

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

livros.png

 Quem vai ganhar? Manifestação na Escola de Vale Milhaços, Almada, com os apoiantes
de Harry Potter e a Pedra Filosofal e de O Recruta | por Cláudia Lobo e Liliana Lopes Monteiro (Visão Júnior) | 16/03/2107 | Ler notícia em .pdf |

 

 

Miúdos a Votos!, uma iniciativa da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares, pôs milhares de alunos a fazerem campanha eleitoral pelos seus livros preferidos. Até o ministro da Educação aderiu à onda de entusiasmo

 

Carlos é o mais alto dos alunos sentados na última fila de cadeiras da biblioteca da Escola Ribeiro de Carvalho, em Agualva-Cacém, concelho de Sintra. Hoje a biblioteca está transformada num pequeno auditório, para poderem assistir à apresentação de uma peça de teatro e de um Telejornal realizado por colegas do 3º e 4º ano. Bem, na verdade não é só por isso: o ministro da Educação quis participar no dia que a escola dedicou inteiramente à campanha eleitoral de Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes? e está agora a falar para a plateia. Mais do que falar, Tiago Brandão Rodrigues quer ouvir os argumentos dos defensores de cada um dos livros, e interpela os miúdos. “Porque é que escolheram Diário de um Banana – Dias de Cão?” Carlos, que tem feito campanha eleitoral pelo livro, responde espontaneamente, numa voz que lhe parece vinda do fundo da alma: “Porque nós também temos dias de cão…”


O autor de Diário de um Banana, Jeff Kinney, é aquele que mais vezes está nomeado nas listas nacionais desta iniciativa da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares que vai pôr estudantes de 406 escolas (incluindo Angola, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe) a votarem amanhã, sexta-feira, 17, nos seus livros preferidos. O projeto visa promover simultaneamente a leitura e a cidadania, permitindo aos alunos entre
os 1º e 9º anos organizarem e participarem num processo em tudo semelhante a umas eleições políticas. Conta com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, da Pordata e do Plano Nacional de Leitura.
As escolas tiveram inicialmente de se “recensear” (inscrever), tendo os alunos depois proposto, sem qualquer constrangimento, os seus livros preferidos, ou seja, os seus candidatos. O resultado? 15 462 votos e mais de 2 000 títulos propostos. Os livros que reuniram maior número de candidaturas foram nomeados para as eleições nacionais, organizados por ciclos de ensino.


Hoje é dia de reflexão. Alunos e professores agradecem o descanso, depois de uma campanha eleitoral muito intensa: mais de 150 escolas organizaram debates, comícios e sessões de esclarecimento, produziram cartazes e panfletos, realizaram vídeos e produziram tempos de antena de rádio (seguindo as regras da lei eleitoral), transmitidos pela Rádio Miúdos, uma estação online (radiomiudos.pt) que também apoia a iniciativa.
A cobertura das ações de campanha tem sido exaustiva em visaojunior.pt.

 

 

 

 

Ler a notícia em .pdf

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

sic.png

 SIC Notícias |

 

A campanha eleitoral de "Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?" está a decorrer em cerca 400 escolas do país e também em Angola, Timor e São Tomé. O objectivo da iniciativa da revista Visão Júnior e da rede de bibliotecas escolares é criar hábitos de leitura e promover a cidadania num processo eleitoral onde será escolhido um livro por ciclo de ensino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

expresso.png

uma das arruadas numa escola de Pombal | fotografia de Maria João | Expresso |

 

Não vão escolher um Presidente ou deputados para a Assembleia. Vão eleger os “livros mais fixes”. “Miúdos a Votos”, uma iniciativa da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares, convida os alunos de 406 escolas a recensearem-se e irem às urnas escolher um favorito

 

É tal como se fosse uma eleição política. Em vez de escolherem um Presidente ou deputados para a Assembleia, vão ser eleitos “os livros mais fixes”. Os eleitores são alunos do 1.º ao 9.º anos de mais de 400 escolas.

A iniciativa da VISÃO Júnior e da Rede de Bibliotecas Escolares, que tem o apoio da Comissão Nacional de Eleições, passa pelas fases normais do processo eleitoral, tais como o recenseamento, a campanha e os tempos de antena. A Pordata vai estar responsável pela contagem dos votos. (...)

 

Ler mais >>

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

DPedro.png

 Clicar para ver o vídeo |

 

Na Escola Básica 2,3 D. Pedro I, em Alcobaça, um grupo de alunos apela ao voto no livro «Cherub: O Recruta»

 

Conteúdo relacionado:

 

Saiba mais sobre o Miúdos a Votos no Twitter, no Facebook, na Visão Júnior, na Rádio Miúdos e no sítio web da Comissão Nacional de Eleições.

Autoria e outros dados (tags, etc)

CNE.png

CNE |

 

Os alunos entre o 1.º e o 9.º anos de escolaridade votam nos livros que mais gostaram de ler até hoje.

O processo é semelhante ao de umas eleições políticas, promovendo simultaneamente a leitura e a cidadania.

 

A Comissão Nacional de Eleições, parceira desta iniciativa, esclarece as questões e curiosidades que forem surgindo entre alunos e professores sobre os processos eleitorais, através do endereço miudosavotos@cne.pt, publicando as respostas em http://www.cne.pt/content/miudos-votos. Nesta ligação pode, desde já, consultar as respostas às perguntas frequentes.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

A diretora da Visão Júnior, Cláudia Lobo e Isabel Mendinhos, da Rede de Bibliotecas Escolares falam à Rádio Miúdos sobre a iniciativa MiÚDOS A VOTOS.

Autoria e outros dados (tags, etc)

radio.png

 

O som dos livros.jpg

 

 

“O Som dos Livros”, é um novo projeto da Rede de Bibliotecas de Tondela, que em parceria com a Rádio Emissora das Beiras, promove semanalmente a leitura e procura incrementar o gosto pelos livros.

 

Através das ondas da Rádio, as histórias vão para o ar todas as quartas-feiras, pouco depois das 9 horas da manhã, com repetição aos sábados, entre as 12 e as 13 horas.

 

Ouvir as histórias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

clubes.png

 Ler PDF - HTML | 2016 |

 

CLUBS DE LECTURA: ¿UNA PRÁCTICA RELEVANTE HOY?

Carmen Álvarez Álvarez

 

RESUMEN

Las prácticas de lectura más relevantes en la actualidad se enmarcan en el paradigma de la lectura dialógica, dando relevancia no solo a la lectura sino también a la interacción entre lectores. Una de estas prácticas son los clubs de lectura, que en España se vienen desarrollando desde hace treinta y cinco años: en bibliotecas públicas, librerías, centros cívicos, etc. Pese a su dilatada trayectoria en la práctica, la investigación empírica sobre los clubs de lectura es prácticamente incipiente. En este artículo mostramos los resultados de una investigación cualitativa (cuestionario abierto, entrevistas en profundidad y observación participante), en la que analizamos cinco aspectos, a nuestro juicio, fundamentales: (1) la relevancia que tiene la lectura para las personas que participan en los clubs, (2) sus razones para participar en ellos, (3) las lecturas seleccionadas, (4) el desarrollo de los encuentros presenciales entre sus miembros y (5) la actualidad de los mismos y propuestas de mejora. La conclusión final es que hoy los clubs de lectura constituyen una apuesta relevante y actual.

 

Licencia Creative Commons
Esta obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-SinDerivadas 3.0 Unported.

Información, cultura y sociedad | ISSN (impreso) 1514-8327 | ISSN (en línea) 1851-1740
Instituto de Investigaciones Bibliotecológicas - Filo:UBA
inibi@filo.uba.arics@filo.uba.ar | INIBI 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D