Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



infocedi.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

racismo.png

 DownloadInfoCEDI março-abril 2017 N.º 69 | IAC | N.os anteriores |

 

Discriminação racial

A lei utiliza a expressão “discriminação racial” para enquadrar todos os comporta- mentos que direta ou subtilmente, prejudiquem uma pessoa em razão da sua cor de pele, da sua nacionalidade, da sua raça ou da sua origem étnica. Em termos mais formais, entende-se por discriminação racial qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência em função da raça, cor, ascendência, origem nacional ou étnica, que tenha por objetivo ou produza como resultado a anulação ou restrição do reconhecimento, fruição ou exercício, em condições de igualdade, de direitos, liberdades e garantias ou de direitos económicos, sociais e culturais. (...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

infocedi.png

 DownloadInfoCEDI janeiro-fevereiro 2017 N.º 68 | IAC | N.os anteriores |

 

 

Definições sobre Igualdade de Género:

 

Género — Conceito que remete para as diferenças sociais (por oposição às biológicas) entre homens e mulheres. Estas diferenças são tradicionalmente inculcadas pela socialização, são mutáveis ao longo do tempo e apresentam grandes variações entre intraculturas.


Igualdade de género – Conceito que significa, por um lado, que todos os seres humanos são livres de desenvolver as suas capacidades pessoais e de fazer opções independentes dos papéis atribuídos a homens e mulheres, e, por outro, que os diversos comportamentos, aspirações e necessidades de mulheres e homens são igualmente considerados e valorizados.


Igualdade de oportunidades entre mulheres e homens – Ausência de barreiras em razão do sexo à participação económica, política e social.

(...)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Deixou-nos ontem, dia 10 de março, Natália Pais, Princesa Peregrina como bem lhe chamou a Conceição Lopes. E tanto lhe devemos. 

 

Voz firme por políticas de infância e respeito pelos Direitos Humanos e pelos Direitos da Criança em Portugal, pela Arte/Educação, e pelas Ludotecas.

 

No vídeo acima, em 2014 (min.11:43-21:23)

 

Publicação vista aqui e reproduzida (com ligeiras alterações) com a devida vénia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

O Cyberbullying

12.12.16

cyber.png

Ilustração de Alex Gozblau | Texto de Carolina Reisin Expresso |

 

 

 

 

O medo tinha hora marcada. Começava e terminava com a campainha da escola. Adriana sabia que era ali que a paralisia facial mais se notava. Durante dez anos aguentou sozinha os comentários de gozo feitos em todas as aulas, os empurrões e insultos durante os intervalos. Não lhe valeu o irmão, que assistia a tudo ali mesmo ao pé e que, também com medo, ficava em silêncio. De certa forma, ela fez o mesmo. Aguentou até ter coragem para contar à mãe o que se passava. A vida desta família alentejana já se encaminhava para rumar mais a sul, o bullying foi a gota de água.

 

Adriana mudou de cidade, fez terapia, cresceu, recuperou das mazelas. Sentiu-se “curada”. Mas, dez anos depois da primeira vez em que os miúdos da escola a rodearam para lhe cuspir e gritar que ela era “feia, pequena, deficiente, um verme” que não merecia viver, os insultos voltaram. Agora, não existiam círculos no recreio, nem aparecia ninguém, de repente, para lhe dar uma palmada na cabeça, nem lhe roubavam a roupa depois do treino de educação física. Os insultos e ameaças chegavam através do Facebook e do telemóvel, constantemente. Ali, sem ver a cara dos agressores, ela voltava a ser “feia, pequena, deficiente, um verme” que não merecia viver. Como se nunca tivesse saído da primeira escola onde o assédio começou. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

ciber.png

 | IAC |

 

Cyberbullying é qualquer comportamento realizado através de meios de comunica- ção eletrónicos ou digitais por indivíduos ou grupos que, repetidamente, comunicam mensagens hostis e ou agressivas de forma a infligir dano ou desconforto a outros. (Tokunaga (2010).

 

É importante fazer a distinção entre os meios pelos quais o cyberbullying é levado a cabo, por exemplo o e-mail ou os telemóveis, e os comportamentos que são realizados através desses meios e que podem ser descritos como cyberbullying.

 

Ler mais >>

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

infocedi.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deficiência visual consiste num dano no sistema visual, total ou parcial, que se traduz numa redução ou perda total da capacidade para realizar algumas das tarefas diárias que requerem a visão, como ler ou ver televisão. Dentro da deficiência visual temos dois tipos distintos: a cegueira e a ambliopia (ou baixa visão) que se diferenciam entre si pela acuidade visual (do melhor olho após correção ocular) e campo visual. No que diz respeito à fase de vida em que a deficiência visual possa aparecer, esta ocorre independentemente da idade da pessoa, podendo efetivamente a criança nascer cega (congénita) ou vir, mais tarde, a adquirir a deficiência (adquirida). (...)

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

O Infocedi de julho-agosto 2014 é dedicado ao tema da trissomia 21. Está disponível, tal como os números anteriores, aqui >> 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

O Boletim do Instituto de Apoio à Criança  de Outubro é o primeiro de dois números dedicado às Bibliotecas Escolares.
 
A escolha do tema pretende assinalar o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares e, ao mesmo tempo, demonstrar a importância da biblioteca escolar na educação das crianças e jovens em geral, e na vida escolar. 
 
O InfoCEDI, assim se chama o Boletim, apresenta ainda um conjunto de trabalhos académicos, produzidos recentemente, na área das bibliotecas escolares.
 
Disponível aqui >>
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Twitter_