Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



por Cristóbal Cobo

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

cne.jpg

 

 

A publicação Estado da Educação 2016 surge na continuidade dos relatórios anuais que o Conselho Nacional de Educação publica desde 2010. À semelhança das edições anteriores, o Estado da Educação 2016 apresenta indicadores de referência sobre diferentes domínios do sistema educativo português. O relatório conta igualmente com uma introdução, assinada pela Presidente do Conselho Nacional de Educação, Maria Emília Santos, e termina com dez artigos de investigação.

Estado da Educação 2016

Autoria e outros dados (tags, etc)

porto.png

 Fonte |

 

Autores: Vários
Tema: Educação
Coleção: Educação
Ano: 2017
Págs.: 218
ISBN: 9789898835321
Novidade

Download Gratuito  

 

Despertar e inscrever uma outra visão e estratégia para a escola aconselha a necessidade e a capacidade de comunicação sobre o que se tem estado a fazer e o que se está a planear fazer.

 

No essencial, o desafio é, nas palavras de Edgar Morin (2001), “fortificar a aptidão para interrogar e de ligar o saber à dúvida, de desenvolver a aptidão para integrar o saber particular não apenas dentro de um contexto global, mas também na sua própria vida, a aptidão para apresentar os problemas da sua própria condição e do próprio tempo” (p. 15).

 


Ao longo desta obra, os vários autores desafiam-nos a pensar, a fazer diferente, convocando e fundamentando os princípios-chave para o sucesso educativo e para o desenvolvimento humano que conjugam necessariamente as dimensões da inclusão, da flexibilidade, da cooperação, da qualidade, da inovação e da autonomia.

Cristina Palmeirão e José Matias Alves

 

Editora: Universidade Católica Editora
Website: Uceditora.ucp.pt
URL: http://bit.ly/2jiZ5yl

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

guia.png

TProtección de Datos: Guía para centros educativos.  [e-Book]  Madrid, Agencia Española de Tratamiento de Datos, 2016.

 

La Agencia Española de Protección de Datos (AEPD), en el ejercicio de sus competencias, realizó, con un espíritu preventivo de impulso y fomento de la cultura de la protección de datos, el Plan Sectorial de Oficio sobre la enseñanza reglada no universitaria para conocer el grado de cumplimiento de la normativa de protección de datos en el sector educativo.

 

El Plan recogió la práctica llevada a cabo por los centros docentes y estableció una serie de conclusiones y recomendaciones de actuación publicadas en 2006 para que cada responsable realizase un análisis de cuál era su nivel de cumplimiento de la normativa de protección de datos.

 

Posteriormente, en 2015, se publicó el informe de la Inspección sectorial de oficio sobre servicios de cloud computing en el sector educativo realizada por la Agencia, y que obedece a la necesidad de dar respuestas a las cuestiones que se le plantean ante la cada vez más extendida utilización de plataformas de gestión educativa y de aprendizaje o entornos virtuales de aprendizaje.

 

Su objetivo, además de verificar el grado de cumplimiento de la normativa de protección de datos, es el de facilitar la evolución de la educación hacia un entorno digital y contribuir a que el desarrollo de nuevos modelos de estos servicios respeten los derechos de los afectados. 

 

Además, hay que tener presente la especial consideración que se debe prestar a los menores, particularmente por los poderes públicos, que ha llevado a la Agencia Española de Protección de Datos a incluir la protección de los menores entre las líneas de actuación prioritarias de su Plan Estratégico 2015-2019, a través de una serie de medidas dirigidas, entre otros sectores, al educativo con la finalidad de reforzar y garantizar la protección de sus derechos y libertades.

 

Arévalo, J. (2017). Protección de Datos: Guía para centros educativosUniverso Abierto. Retrieved 4 December 2017, from https://universoabierto.org/2017/12/04/proteccion-de-datos-guia-para-centros-educativos/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

unesco.png

© UNESCO 2017 | Download 

 

Including all learners and ensuring that each individual has an equal and personalized opportunity for educational progress is still a challenge in almost every country. Despite commendable progress made over the past two decades to expand access to basic education, further efforts are needed to minimize barriers to learning and to ensure that all learners in schools and other learning settings experience a genuine inclusive environment.

 

The 2030 Agenda for Sustainable Development, with its focus on leaving no one behind, provides a unique opportunity to build more inclusive and equitable societies. This should start with inclusive education systems.

 

Sustainable Development Goal (SDG) 4 on education calls for inclusive and equitable quality education and lifelong learning opportunities for all by 2030. It emphasizes inclusion and equity as laying foundations for quality education and learning. SDG 4 also calls for building and upgrading education facilities that are child-, disability-, and gender-sensitive and for providing safe, non-violent, inclusive and effective learning environments for all.

 

To achieve this ambitious goal, countries should ensure inclusion and equity in and through education systems and programs. This includes taking steps to prevent and address all forms of exclusion and marginalization, disparity, vulnerability and inequality in educational access, participation, and completion as well as in learning processes and outcomes. It also requires understanding learners’ diversities as opportunities in order to enhance and democratize learning for all students.

 

UNESCO supports government education policy-makers, practitioners and key stakeholders in their efforts to develop and implement inclusive policies, programmes and practices that meet the needs of all learners.

 

We are confident that this Guide for Ensuring Inclusion and Equity in Education will serve as a resource for countries and will contribute to accelerating efforts worldwide towards inclusive education.

 

Qian Tang,

Ph.D. Assistant Director-General for Education

 

Para saber mais:

Autoria e outros dados (tags, etc)

cidadania.png

 

 

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

horizon.png

 Download Digital Toolkit | 2017

 

Quais são as tendências e as tecnologias que impulsionarão as mudanças educacionais? Quais são os desafios que consideramos solucionáveis ou difíceis de superar, e como podemos projetar estratégias para encontrar soluções efetivas?

Estas foram as questões que conduziram a pesquisa colaborativa e a discussão de um grupo de 61 especialistas que produziram o Relatório K12 Horizon sobre a adoção de tecnologia e a mudança educacional.

(...)

 

Ler mais >>

 

Arévalo, J. (2017). Tendencias retos y desarrollos tecnológicos en bibliotecas escolares 2017Universo Abierto. Retrieved 14 November 2017, from https://universoabierto.org/2017/11/13/tendencias-retos-y-desarrollos-tecnologicos-en-bibliotecas-escolares-2017/

Autoria e outros dados (tags, etc)

plasticologia.png

 FonteConviteBrochura | Oceanário de Lisboa

 

Estão abertas as inscrições para as ações de Plasticologia Marinha promovidas pelo Oceanário de Lisboa. Destinam-se a alunos dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico, têm a duração previsível de 90 minutos, são gratuitas e visam sensibilizar e educar para a problemática do plástico nos oceanos.

 

Esta fase abrange apenas um conjunto de concelhos pertencentes às zonas de Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Oeste, Península de Setúbal e Algarve, concelhos esses que se encontram listados no formulário de inscrição disponível em <https://goo.gl/YbtzpQ>.

 

Para racionalização do agendamento e das respetivas deslocações, cada Agrupamento deverá fazer uma única inscrição, sugerindo-se, por isso, que esta seja feita pelo professor bibliotecário do Agrupamento. Na inscrição única de cada Agrupamento serão incluídas todas as Escolas e turmas que pretendem receber as ações de Plasticologia Marinha, assim como a indicação de um professor de contacto em cada uma das Escolas. A realização das sessões está sujeita a confirmação prévia com o professor de contacto em cada Escola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dgeec.png

 Consultar o estudo | Fonte

 

Resultados Escolares por Disciplina - 3.º Ciclo

A DGEEC apresenta um estudo sobre o desempenho escolar dos alunos em cada disciplina do 3.º ciclo do ensino básico geral, no ano letivo de 2014/15.

 

O estudo centra-se nos alunos matriculados em escolas públicas de Portugal continental, analisando as suas classificações finais nas seguintes onze disciplinas obrigatórias: Ciências Naturais, Educação Física, Educação Visual, Físico-Química, Geografia, História, Inglês, Língua Estrangeira II, Matemática, Português e TIC.

Autoria e outros dados (tags, etc)

pelo Professor João Costa, Secretário de estado da educação. 

 

Promover sucesso escolar significa promover melhores aprendizagens para todos.

 

Neste webinar apresenta-se o conjunto de medidas de política educativa em curso que concorrem para a construção de aprendizagens significativas para todos os alunos, com destaque para:

a) Educação Pré-escolar;

b) Programa Qualifica;

c) Planos de ação estratégica;

d) Formação contínua de professores;

e) Perfil do Aluno;

f) Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania;

g) Aprendizagens Essenciais;

h) Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular;

i) Modelo de avaliação;

j) Educação inclusiva.

 

Estas medidas complementam-se para dar substância ao Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, em curso desde 2016.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Twitter_