Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ana_filipa.png

 foto "A Bola"

 

Na sequência da promoção da escrita que a Biblioteca Escolar da Escola Secundária de Amarante tem vindo a desenvolver, no caso em articulação com o Departamento de Educação Física, a aluna Ana Filipa Gomes Ferreira ficou em 1.º lugar, a nível nacional, no Concurso literário Ética na vida e no desporto.

 

O concurso “A Ética na Vida e no Desporto”  já na sua 5.ª edição é promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, através do Plano Nacional de Ética no Desporto, conta com o apoio do Jornal Desportivo “A Bola”, a Direção-Geral da Educação/Desporto Escolar, a Direção - Geral de Reinserção e Serviços Prisionais e o Comité Olímpico de Portugal.

 

O coordenador interconcelhio: António da Silva Pereira

com a professora bibliotecária Isabel Araújo

 

Aqui fica o texto da Ana Filipa Ferreira:

 

«AUTOGOLO

Signal Iduna Park. 19 horas, 45 minutos. Um apito curto que coloca as pernas de 22 em movimento e o coração de milhões aos saltos. Ao fundo, um muro amarelo. Quente, vibrante, impenetrável. Mágico. Verdadeiramente mágico. Um amarelo que ri e que chora. De alegria e de tristeza. Um amarelo que sente e sentido. Infalível. Um amarelo que ama e não falha. Que grita e não se cansa.

Um cai, outro perde a bola. Um lesionado e um fora de jogo assinalado.
Se eu, pequeno e despercebido pedaço de amarelo, vos pudesse dizer algo antes daquele apito curto? Não esperem um ‘boa sorte’. Pedir-vos-ia que sejam aquilo que vos torna únicos. Aquilo que são antes de serem grandes no futebol e de me arrepiarem os braços com os pés. Que sejam humanos e que não levem convosco apenas o talento que deslumbra o amarelo e o azul, o verde e o vermelho. Porque o mundo se rende a vocês. Que levem os valores que fazem de nós humanidade e que honrem o símbolo que têm ao peito. Mostrem o que é garra, paixão, foco e determinação. O que é amor, ambição e gratidão. Mas, acima de tudo, façam jus à palavra que carregam no braço 90 minutos. RESPECT. Mostrem que somos mais do que duas pernas, do que dois pés, do que assistências e do que golos. Mais do que dinheiro, somos humanos. Mais do que vitórias, somos humanidade. Lembrem-se que os vossos pés não espelham apenas a arte do futebol. Carregam ideias. E as ideias pesam tanto como uma bomba. E quando sentirem vontade de insultar, de humilhar ou até mesmo de desistir, mostrem-se verdadeiros campeões. Sejam grandes. Sejam diferentes. Sejam melhores. Sejam humanos.

 

 

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

protoc.png

 Fonte |

 

A Faculdade de Letras, o Centro de Estudos Clássicos e a Rede de Bibliotecas Escolares, programa do Ministério da Educação, acabam de estabelecer um protocolo de parceria com o objetivo de contribuir para o alargamento dos conhecimentos dos alunos do Ensino Básico e Secundário sobre a Cultura Clássica e a sua importância na Cultura Europeia Ocidental e, mais concretamente, na Cultura e Língua Portuguesas.

 

A parceria concretizar-se-á em diferentes projetos, como sessões em bibliotecas escolares, dias ou semanas temáticas, palestras, cursos, exposições, e um concurso nacional de temática ligada à Cultura Clássica (a ser lançado em setembro). As ações serão divulgadas na Rede de Bibliotecas Escolares, a nível nacional.

 

O acordo foi assinado na Faculdade de Letras da ULisboa (FLUL), no passado dia 20 de junho, pelo Diretor da FLUL, Professor Doutor Paulo Farmhouse Alberto, pela Diretora do Centro de Estudos Clássicos, Professora Doutora Cristina Pimentel, e pela Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, Dra. Manuela Silva.

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

miudos.png

 Regulamento |

 

Põe a tua terra nos píncaros! é um desafio organizado pela Rádio Miúdos em colaboração com a Rede de Bibliotecas Escolares. A iniciativa conta com o apoio de Portugal Inovação Social, no âmbito do Portugal 2020, e da Fundação Calouste Gulbenkian. Tem como destinatárias todas as escolas públicas dos 100 municípios do centro do país e pretende premiar a dedicação dos miúdos à sua terra e descobrir quem tem boas ideias para fazer programas de rádio.

 

O concurso vai distinguir seis escolas com ateliês e emissões ao vivo realizados pela Rádio Miúdos. O desafio proposto para participação no Põe a tua terra nos píncaros! é a criação de um spot publicitário onde os alunos do 2º ao 9º ano deem a conhecer a sua terra. As candidaturas podem ser feitas pelas autarquias (até 8 de setembro) e pelas escolas (até 9 de outubro). O regulamento é divulgado agora, tendo em conta o prazo curto que é dado para a realização dos spots que se deve à necessidade de distribuir pelo ano letivo os ateliês e emissões ao vivo com as escolas vencedoras.

 

Trata-se também de incentivar a participação ativa na sociedade, através da rádio, sensibilizando crianças e jovens para a importância do património regional, material e imaterial, de desenvolver a literacia dos media em contexto real e de promover a relação entre as escolas e as autarquias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

fc.png

 Ver album fotográfico |

 

A Rede de Bibliotecas Escolares marcou presença no IV Encontro Internacional da Casa das Ciências através da exposição de posters, de três comunicações de professores bibliotecários e da intervenção de alunos de duas escolas que demonstraram como se faz Ciência nas suas bibliotecas.

 

Como oradores estiveram, na manhã do último dia do Encontro: José Barroco, da Escola Básica de Real, Braga, com a comunicação Simplesmátic@ - a matemática mais simples e simpática; Paulo Sousa do Agrupamento de Escolas Raul Proença, Caldas da Rainha, com a comunicação A Ciência ganha vida entre os livros e Sílvia Menezes, do Agrupamento de Escolas Moinhos da Arroja, Odivelas, com a comunicação O melhor de dois mundos: a leitura aliada ao pensamento computacional, programação e robótica.

 

Os resumos das comunicações e das formas de participação da RBE podem ser consultados aqui: http://www.casadasciencias.org/4encontrointernacional/conteudo/pdf/livroResumos.pdf

 

Durante um longo intervalo da parte da manhã os alunos do 1º ciclo de Odivelas explicaram e demonstraram aos participantes como trabalham a robótica e o pensamento computacional na sua biblioteca. Os alunos monitores da biblioteca da Escola Básica Galopim de Carvalho, Queluz fizeram quatro experiências integradas no projeto Newton gostava de ler! que se desenvolve no concelho de Sintra. A intervenção dos alunos das duas escolas suscitaram muito interesse.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

cc.jpg

 A Casa das Ciências e a RBE | Casa das Ciências | Programa |

 

Começou hoje a quarta edição do encontro da casa das ciências. É um dos maiores eventos realizados em Portugal sobre a educação nas áreas científicas.

Reúne mais de 800 professores que debatem temas como a Matemática e as Tecnologias de Informação, no ensino básico e secundário.

O encontro decorre na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, até quarta feira.

 

Dando corpo à parceria que temos com a Casa das Ciências, haverá no dia 12 três comunicações paralelas realizadas por professores bibliotecários responsáveis por projetos ligados à Ciência e a RBE estará igualmente representada no espaço exterior com a presença de professores e alunos que mostrarão atividades científicas que acontecem nas suas bibliotecas.

 

cc.jpg

 A presença da RBE...

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Alunos da Escola E.B. Manuel Alves (Loulé) conversam sobre o trabalho desenvolvido na biblioteca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

toronto.png

 Universo Abierto | Texto completo |

 

Noticias falsas, contenido polarizado y plazos algorítmicos: vivimos en un mundo en el que Internet ofrece a todos accesos a una cantidad ingente de información, pero no garantiza que esa información sea exacta o incluso verdadera. Las bibliotecas son instituciones del siglo XIX en el siglo XXI. ¿Cuál es la razón de su supervivencia? ¿Por qué necesitan ser universales? ¿Cuál es su valor en la actualidad?

 

Las instituciones públicas, incluidas las bibliotecas, son una parte importante de nuestras vidas que ofrecen un nivel alto nivel de confiabilidad a las personas. Son espacios neutrales de equidad social que garantizan un acceso igualitario a la información, la cultura y el aprendizaje. Sin embargo, Internet ha tenido un fuerte impacto en las bibliotecas. En la última década, el uso de las bibliotecas ha disminuido en un 30% en Reino Unido. Como resultado, cientos de bibliotecas en toda Gran Bretaña han cerrado y una cuarta parte del personal de la biblioteca ha perdido su empleo. Además son muchos los que se plantea porque financiar las bibliotecas cuando toda la información que antes encontrábamos en las bibliotecas, ahora la podemos encontrar fácilmente en Internet o a través de una suscripción a un servicio de lectura digital de tarifa plana.

 

Aunque Internet nos facilita el acceso a mucha información, también necesitamos espacios comunitarios neutros, no comerciales, para el descubrimiento, el aprendizaje y la existencia en la era digital. En este sentido, las bibliotecas son una institución pública vital, que proporcionan una infraestructura social de la que todos podemos beneficiarnos. Las bibliotecas son instituciones públicas en un mundo en constante privatización, que representan un conjunto de valores esenciales como son la igualdad de oportunidades, la solidaridad y la equidad social; porque son uno de los pocos lugares donde aún la gente somos personas antes de que consumidores. ya que son espacios neutrales, cuyos objetivo final tienen en mente el bien social, y no los intereses comerciales. (...)

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

dgeec.png

 ver na fonte |


A DGEEC disponibiliza a informação estatística oficial associada ao sistema formal de educação e formação – crianças, alunos, recursos humanos e estabelecimentos de educação e ensino – relativa ao ano letivo 2015/2016.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

despacho.png

 Consultar Despacho n.º 5458-A/2017 de 2017-06-22 |

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

prazer de ler.png

 Programa | Palestrantes | Mapa do local |

 

As II Jornadas Interconcelhias são promovidas pelas bibliotecas escolares e municipais de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde, com a colaboração das Câmaras Municipais dos três concelhos, em parceria com a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE) e o Centro de Formação do Alto Cávado (CFAC).

 

Encontro acreditado pelo C.C.P.F.C. como Curso de Formação com a duração de 25 horas, correspondendo a 1 crédito.

As II Jornadas têm como destinatários educadores e professores de todos os níveis de ensino e também profissionais ligados ao trabalho das bibliotecas.

Será, no entanto, dada prioridade aos docentes dos agrupamentos/escolas e aos profissionais ligados ao trabalho das bibliotecas dos três concelhos organizadores.

 

A participação nas II Jornadas poderá ocorrer com acreditação ou sem acreditação. No primeiro caso, é obrigatória a presença em pelo menos 17 das 25 horas previstas. Será passado um certificado de formação. Na segunda situação, apenas será passado o certificado de presença. Se, na inscrição, não for assinalada a opção, considera-se a pessoa inscrita como participante.

 

As inscrições decorrem até ao dia 5 de julho de 2017. (...)

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D