Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Os Recursos Educativos Abertos (REA) fazem referência a materiais de ensino, aprendizagem e investigação em suporte digital de caráter gratuito, pois são publicados com uma licença aberta (Creative Commons) que permite o seu uso, adaptação e redistribuição por outros sem nenhuma restrição ou com restrições limitadas. O fenómeno dos REA é considerado de grande importância e interesse no futuro do ensino e da educação, em todos o níveis de ensino.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

ler.png

 Download

Sevilla : Junta de Andalucía, 2017 

 

 

<<Que difíceis são as adolescências>> Quantas vezes não teremos ouvido -ou repetido- esta expressão. Idade difícil para quem a atravessa e idade difícil também para quem a acompanha... em que crianças - até há pouco dóceis, carinhosas e comunicativas- parecem transmutar-se em outra espécie. (...)

 

Tradução livre, de um excerto, do documento em espanhol.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

informe.png

 

CHIN, Melody and WALKER, Daniel. Do faculty and librarians

see information literacy in the same way? A study of alignment. ().

Librarians’ Information Literacy Annual Conference (LILAC) 2017,

April 11-14. Research Collection Library, 2017.

 

 

Publication Type

Presentation

 

Publication Date

4-2017

 

Abstract

Faculty and Librarians are two distinct professional groups each with their own subcultures, values and experiences. Hardesty (1995) noted the existence of a "faculty culture" amongst faculty members, which quite likely shapes and influences the way these individuals perceive a highly subjective concept such as Information Literacy (IL). Faculty and Librarians in higher education institutions often work together in the development of IL Programs. However, despite this collaborative relationship, it is not clear as to whether the two professional groups perceive the concept of IL similarly, or whether there exists a divide. Understanding how both professions perceive IL should be a priority, with findings from Ivey’s (2003) study revealing that a shared understanding forms one of the key elements for successful collaboration in relation to IL initiatives. This research project endeavours to shed light on this area by employing survey methodology to investigate how Faculty and Librarians at two higher education institutions in Australia and Singapore perceive the concept of IL in relation to ACRL's Framework for Information Literacy for Higher Education (ACRL, 2015), including a comparative analysis. 63 Faculty and 22 Librarians from Bond University and Singapore Management University were asked a combination of open-ended and attitude-scale type questions on the framework’s definition of IL; the six threshold concepts; and on their views on the value and impact of IL programs at their respective institutions. (...)

 

Ler mais >>

 

Visto aqui. Seguir esta ligação para saber mais sobre o estudo, em Universo Abierto, pelo texto de Julio Alonso Arévalo, da Universidade de Salamanca.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Agora já pode, se preferir, assistir a esta conferência, em vídeo.

 

Conferência de Teresa Calçada, Comissária do Plano Nacional de Leitura, no evento TIC@Portugal´17, no auditório da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, no Monte da Caparica.

 

TIC@Portugal´17 é uma iniciativa da Associação EDUCOM – APTE (Associação Portuguesa de Telemática Educativa), através do seu Centro de Competência TIC e do seu Centro de Formação de Professores.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Declaração dos Direitos de Literacia dos Cidadãos Europeus
Fonte: European Literacy Policy Network

 

Conteúdo relacionado:

 

Visto aqui (PNL 2027).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

filme.png

 Dulce Mourato | A boa mentira | Ver o filme |

 

Dulce Mourato é investigadora do Grupo de Estudos e Investigação em Sexualidade, Educação Sexual e TIC - GEISEXT/IEUL - Universidade de Lisboa. É sua a análise fílmica que aqui se partilha.

 

Uma certeza: 

O som, a imagem, os ecrãs, dominam a vida contemporânea, os estudantes devem por isso, desde cedo, aprender a lê-los criticamente.

 

Um caminho:

Esta apresentação mostra como se lê um filme, como se desmonta, se analisa e se explica. Constitui-se, por isso, como um excelente contributo para  os professores verem como podem, também, trabalhar o cinema na escola e na biblioteca escolar.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

media.png

 Download |

 

Consulte o documento e conheça as iniciativas portuguesas na página 318.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Baco.png

 Web do projetoObjetivos | Missões |

 

Adelina Moura propõe agora a leitura e o estudo dos Clássicos no contexto do Ensino Profissional.

Aqui fica uma das suas propostas mais notável e recente:  o desafio gamificado de leitura e trabalho, sobre "Os Lusíadas".

 

Siga as ligações e fique a saber mais sobre esta iniciativa.

 

 

EPOPEIA DO PROFISSIONAL


As bibliotecas são lugares mágicos em que se podem viver muitas aventuras, graças aos livros que nelas se guardam. Na Biblioteca Nacional (BN) escondem-se TESOUROS de quase dez séculos de história e cultura da sociedade portuguesa. Há dois grandes livros da literatura portuguesa e universal que são cobiçados pelos Deuses do Olimpo, chefiados por BACO.

 

Só os Magos poderão adivinhar o que se passa no mundo das estrelas e dos astros onde vivem os deuses. Querem tornar-se em Magos da Biblioteca Nacional?


Vá formem pares e partam nesta AVENTURA dos MESTRES. No começo serão apenas APRENDIZES da Sabedoria e depois de passarem por todas as missões e resolverem todos os desafios tornar-se-ão em ILUSTRES SÁBIOS DA LITERATURA PORTUGUESA. (...)

Ler mais >>

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

alunos_secxxi_1280.jpg

 ensaio de Alexandre Homem Cristo | Observador |

 

O que leva um país cujo sistema educativo o mundo se habituou a invejar a ajustar a sua estratégia? A noção de que o conhecimento já não é suficiente para os jovens. 

 

Um sistema de topo, mas em queda e desactualizado

Porque mudar um sistema educativo que, apesar de tudo, está no topo?

Uma reforma curricular para o século XXI

Incertezas quanto à reforma

So what? Quatro pontos a fixar da reforma curricular finlandesa

 

Que conhecimentos precisarão os jovens de aprender na escola para ultrapassar os desafios da sua vida futura? E, num mundo onde a informação está cada vez mais acessível e à distância de um clique, que competências deverão adquirir? Estas são perguntas necessárias, difíceis e sem resposta única, que todos os ministros da Educação se colocam hoje em dia. Em Portugal, esse processo de reflexão arrancou recentemente com o “perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória” – ou, como ficou conhecido, “perfil do aluno para o século XXI” – que o Ministério da Educação apresentou. Mas, noutros países, esse processo está já concluído.

(...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

mooc.png

 

No âmbito do projeto Ideias com mérito, "Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca", os professores bibliotecários estão a promover um MOOC (Massive Open Online Course) subordinado ao tema "Referências Bibliográficas".

 

 

Alojado na plataforma Moodle do Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria, este recurso está disponível a todos, bastando entrar como visitante.

 

O curso está organizado para alunos do ensino básico, mas é útil para qualquer interessado, podendo ser um precioso instrumento de apoio para que os alunos consolidem a aprendizagem na elaboração de referências bibliográficas com a norma APA - 6.ª edição.

 

Isabel Nina

Coordenadora interconcelhia

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Twitter_