Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



evento.png

 ProgramaInscriçõesAção de curta duração

 

A Rede de Bibliotecas de Vila de Rei realiza mais uma edição dos Encontros Documentais- 2018, sob o tema Aproximar e Conhecer.

 

Os Encontros realizam-se em 3 dias, cada um dedicado a uma área, como é habitual e no próximo dia 11 de abril vai decorrer a sessão dedicada às Bibliotecas, que tem certificação como Ação de Curta Duração (6h00), para os inscritos que pretendam.

 

Lucília Santos

Coordenadora interconcelhia

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jimmy Wales, criador de Wikipédia: “Aprender como aprender é mais importante que nunca”

 

Ver o programa completo.

 

Jimmy Wales
É reconhecido por ser o criador do projeto colaborativo mais importante do mundo: a Wikipédia.

Uma enciclopédia em linha que está editada em duzentos e oitenta e oito idiomas e que conta com mais de quarenta e seis milhões de artigos.

Entre outros prémios, no ano de 2015 recebeu  o Prémio Princesa das Astúrias de cooperação internacional pela sua contribuição para o fomento e difusão do conhecimento.

Jimmy Wales é um apaixonado da educação, especialmente das possibilidades que a aprendizagem informal oferece atualmente para a educação das pessoas.

Nomeado como a sexta pessoa mais influente do mundo, Wales sustenta que em parte graças à tecnologia, a aprendizagem vai mais além da escola ou da universidade, e assinala a necessidade de continuar a aprender durante toda a vida.

 

El aprendizaje informal

El aprendizaje informal. (2018). BBVA Aprendemos Juntos. Retrieved 23 March 2018, from http://aprendemosjuntos.elpais.com/especial/el-aprendizaje-informal-jimmy-wales/

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Habilidades para aprender a vivir en el siglo XXI, Esther Wojcicki  (professora e jornalista)

 

Ver o programa completo.

 

Esther Wojcicki
Periodista y profesora en Palo Alto High School (California, EEUU) durante más de 30 años, Esther Wojciki está considerada como una pionera mundial en el estudio de la alfabetización mediática aplicada a la educación.

Desde 1984 dirige el programa más importante de educación mediática de EEUU. Junto a la creatividad, el pensamiento crítico y la colaboración, Wojciki reivindica la importancia de la comunicación como una de las principales habilidades que deben enseñarse en las escuelas para lograr un aprendizaje más significativo en el siglo XXI.

Wojcicki es también un referente en la exploración de la relación entre educación y tecnología. Actualmente es vicepresidenta de la organización mundial de licencias Creative Commons y presidenta de la Fundación de amigos de Lurdes Mutola para la promoción de la educación de las niñas en Mozambique. Además, y entre otras posiciones, es consultora de la Fundación Carnegie para el Avance de la Enseñanza y colabora en diferentes medios de comunicación como la revista TIME.

 

Ler mais >>

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

diploma.jpg

 RTP |

 

Vão acabar as diferenças entre os licenciados pré acordo de Bolonha e os atuais detentores de Mestrados. Os diplomas são diferentes, mas a partir de agora os direitos são iguais.

 

O Governo aprovou um pacote para o Ensino Superior, no qual equipara os títulos para efeitos de concurso.

As diferentes designações vão manter-se, entre as licenciaturas pré-Bolonha e os atuais mestrados.

 

O Governo anda agora a recolher contributos sobre a matéria antes de produzir a legislação.

 


Mais explicações com o jornalista Miguel Soares.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

princesas.jpg

 Inscrição | Programa |

 

"À democratização do acesso à escola nem sempre corresponde a democratização do sucesso, situação bem evidenciada em dois estudos que incidem nos primeiros anos de escolaridade, um nacional, Aprender a ler e a escrever em Portugal, e outro internacional, o PIRLS 2016.

 

Tendo por base os seus resultados, o decréscimo de competências de leitura, e constituindo a literacia da leitura uma competência vital para o pleno desenvolvimento e maturidade intelectual do indivíduo e para o exercício da sua cidadania, a Rede de Bibliotecas de Albergaria-a-Velha, em articulação com a RBE, elegeu a leitura e a escrita como temática nodal do seu V Encontro, procurando, através da ação das suas bibliotecas, contribuir para a melhoria das competências nestas duas áreas transversais e, simultaneamente, domínios de conteúdo da disciplina de Português."

 

Este evento, organizado pelo Município de Albergaria-a-Velha, pela sua Rede de Bibliotecas, em parceria com a RBE e o Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Aveiro e Albergaria-a-Velha, decorrerá nos dias 16 e 17 de março na Biblioteca Municipal de Albergaria-a-Velha.  

 

Inscrição online obrigatória até 8 de MARÇO de 2018 e limitada à lotação da sala. 

 

Isabel Nina

Coordenadora interconcelhia

 

*** 

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 BAD |

 

PLANO DE FORMAÇÃO
2018

 

AÇÕES DE FORMAÇÃO

AÇÕES TÉCNICAS & INFORMATIVAS

 

PRESENCIAL

 

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO

  • CICLO DE SEMINÁRIOS (Brevemente disponível)
  • OFICINAS

À DISTÂNCIA

 

 

 

 

Desde a fundação, em 1973, que a Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas elegeu o desenvolvimento dos serviços de bibliotecas, de arquivos e de documentação e o aperfeiçoamento científico e técnico dos respectivos profissionais como duas das principais linhas orientadoras da sua atividade. (...)

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

lit_cantanhede.png

 

O projeto “Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca”, concebido pelos professores bibliotecários dos três agrupamentos de escolas públicas do concelho de Cantanhede e em implementação desde 2013, consiste na planificação e implementação de um programa, sistémico e de longo prazo, de desenvolvimento de competências em literacias da informação e digital. “Saber transformar a informação em conhecimento e ser capaz de mobilizar e de atualizar de forma útil e flexível o conhecimento continuam a ser finalidades fundamentais de qualquer sistema de ensino”, eis a ambição dos seus mentores que o promovem através das 8 bibliotecas escolares que integram a Rede Concelhia de Bibliotecas de Cantanhede (RBC).

 

Apoiado pela RBE, em 2015, no âmbito da candidatura Ideias com Mérito, o projeto integra duas dimensões: uma já decorrida, a formação creditada de educadores e professores, e a contínua produção de recursos. Concebidos para promover e consolidar competências em literacia da informação e literacia digital, assumem vários formatos: guias, tutoriais, tutoriais em vídeo, infografias, listas de verificação e fichas de atividades, sendo pesquisáveis por tipo de literacia, por ciclo de ensino, por assunto e por tipo de documento.

 

Em 2017 começaram a desenvolver-se ações de formação para os alunos sob a forma de MOOC (Massive Open Online Course), encontrando-se já disponíveis cinco: “Respeitar os direitos de autor: as referências bibliográficas”; “Direitos de autor e referências bibliográficas – nível avançado”; “Apresentar os resultados de uma investigação | Os trabalhos escritos”; “Segurança digital” e “Conhecer o livro”.

 

Estes cursos de formação online, que abrangem vários níveis de ensino, desde o 1.º CEB até ao Ensino Secundário, encontram-se alojados na plataforma Moodle do AE Lima-de-Faria e acessíveis a qualquer utilizador, de forma autónoma, flexível e gratuita.

 

***

 

Aqui fica o notável trabalho desenvolvido pelos professores bibliotecários de Cantanhede, nomeadamente os seus MOOCs que estão ao alcance de todos (por favor, entre como visitante):

e o sítio web,

Aprendiz de Investigador - Aprender no século XXI | Literacias na escola: formar parceiros da biblioteca

 

Isabel Nina

Coordenadora interconcelhia

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

encontros_documentais2018_2.jpg

 Programas e informação | Inscrição | Ação de curta duração

 

A Rede de Bibliotecas de Vila de Rei realiza mais uma edição dos Encontros Documentais- 2018, sob o tema Aproximar e Conhecer. Os Encontros realizam-se em 3 dias, cada um dedicado a uma área, como é habitual: 24 de janeiro- Arquivos; 21 de fevereiro, Museus e 11 de abril, Bibliotecas.

 

Cada dia terá certificação como Ação de Curta Duração (6h00/dia), para os inscritos que pretendam.

 

Lucília Santos

Coordenadora interconcelhia

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 Fonte: ERTE |

 

No âmbito da 9.ª Edição do concurso "Conta-nos uma história!", serão realizados, a partir do mês de janeiro e por todo o país, workshops sobre temas como narrativas digitais, produção áudio e vídeo, dinamizados pelos Centros de Competência TIC, associados à DGE.

 

Com esta iniciativa pretende-se fomentar a criação de projetos desenvolvidos pelas escolas de Educação Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico que incentivem a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), nomeadamente tecnologias de gravação digital de áudio e vídeo.

 

As datas, bem como os formulários de inscrição para estas sessões de formação, estão disponíveis na página da iniciativa.

Para mais informações, consulte: http://erte.dge.mec.pt/concurso-conta-nos-uma-historia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

curso.png

 Ilustração de Eurico Bivar (Brasil) | Currículo de Josy Maria CorreiaProposta de formação para bibliotecas

 

Esta formação destina-se a professores, professores bibliotecários, educadores, eventualmente pais ou outros familiares. 

 

A ideia da formação é ser continuada e pode ter a duração de até 9 meses (como uma gestação para imersão no universo dos contos de tradição oral e cancioneiro popular do Brasil e de Portugal). Traça-se aqui uma linha entre os dois países e culturas identificando os pontos em comum da oralidade em língua portuguesa.

 

O curso completo é dividido em 4 módulos de dois meses cada, mais um mês de preparação de uma sessão com os alunos na(s)  biblioteca(s). O conteúdo aborda práticas de expressão vocal, corporal, oratória, interpretação, musicalidade, análise e preparação do conto e pode ser realizada uma oficina curta experimental e uma aula aberta gratuita para os interessados.

 

Apresentam-se dois formatos (oficina e curso) para que se analise o que melhor se adapta as necessidades da(s) biblioteca(s). 

 

Mais informação na Proposta de formação para bibliotecas.

  

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Twitter_