Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




pnl.png

 Regulamento e calendarização |

 

A abertura da 12ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) acaba de ser anunciada pelo Plano Nacional de leitura 2027.

 

É reafirmada a intenção de alcançar resultados específicos de promoção da leitura e da escrita junto da população escolar, alargando, na atual edição, o universo de ação a todos os níveis de ensino básico e secundário. Assim, o CNL 12ª Ed. 2017/2018 é agora dirigido aos alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e aos alunos do Ensino Secundário.

  

A esta iniciativa, associam-se, tal como em edições anteriores, a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), o Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE) e a RTP.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Concurso do Ensaio Filosófico - 3.ª edição

Uma publicação partilhada por Rede de Bibliotecas Escolares (@rbe_pt) a

 

Associação Portuguesa de Filosofia RBE

 

"Quais os constrangimentos à liberdade individual e a sua origem, nas sociedades capitalistas modernas?” Eis o problema que despoletou o ensaio vencedor da terceira edição (2016/17) do Concurso do Ensaio Filosófico no Ensino Secundário, “Liberdade individual na sociedade do século XXI. A importância da posição original na definição dos princípios de justiça em John Rawls”, da autoria da aluna Bárbara S., da Escola Secundária Manuel Cargaleiro.

 

A entrega do prémio decorreu no passado dia 16 de novembro, Dia Mundial da Filosofia, na biblioteca daquela escola. Todos os que se associaram a este momento de celebração, a diretora da escola, os professores, os pais da aluna, os colegas e, ainda, os representantes da Associação de Professores de Filosofia e da Rede de Bibliotecas Escolares, testemunharam a harmoniosa articulação entre a maturidade da escrita e o pensamento reflexivo e crítico revelada no ensaio da Bárbara.

 

Numa época marcada pelo crescimento desmesurado da informação, pela mudança e pela incerteza, ficou a convicção de que o concurso Ensaio Filosófico no Ensino Secundário conduz aos valores que a Escola dever encorajar e desenvolver, cidadania, participação, curiosidade, reflexão, inovação, liberdade, responsabilidade, excelência e exigência, indo, deste modo, ao encontro do preconizado “Perfil dos Alunos à saída da escolaridade obrigatória”.

 

Isabel Nina

Coordenadora interconcelhia

Autoria e outros dados (tags, etc)

História da RTP

20.11.17

rtp.png

 Arquivos RTP |

 

A História da empresa Rádio e Televisão de Portugal praticamente que se confunde com a História de Portugal nas últimas oito décadas. Com um passado que remonta pelo menos à criação da Emissora Nacional em 1935 e da Radiotelevisão Portuguesa em 1957, se bem que num e noutro caso as emissões experimentais tenham tido lugar algum tempo antes, o longo percurso da RTP sempre se fez com e para os portugueses.

 

Nesta coleção recordam-se aquelas que foram as etapas principais desse trajeto a dois, abrindo janelas para o mundo, procurando informar e documentar, educar e entreter, sempre na consciência da grande responsabilidade que lhe cabe, enquanto prestadora de um serviço público sério e credível que o país reconhece como uma marca forte da sua identidade. No momento em que tantos desafios se lhe colocam pela frente, importa mais do que nunca conhecer esse passado para, com a certeza de que o caminho se faz caminhando,  se continuar a construir o futuro.

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

por Margarida David Cardoso | Público

 

"São muito poucos os momentos em que podemos ter uma opinião"

 

E se as decisões tomadas sobre crianças e jovens envolvessem de facto crianças e jovens? Há espaços para que sejam ouvidos? O PÚBLICO foi perguntar-lhes. Hoje é Dia Universal dos Direitos da Criança.

 

As aulas do ensino secundário de Patrícia começam nesta segunda-feira às 8h, como acontece todos os dias. Daniela e Nuno também estão por essa hora a chegar à escola primária. Catarina irá a caminho da faculdade. Por essa altura, um outro grupo de crianças e jovens que trabalham com a Unicef, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, estará a preparar-se para “tomar as rédeas” do Ministério da Educação.

 

É aquilo a que a Unicef chama takeover e que nesta segunda-feira, Dia Universal dos Direitos da Criança e data do 28.º aniversário da adopção da Convenção sobre os Direitos da Criança, vai decorrer em vários gabinetes, redacções (e até num estádio de futebol) um pouco por todo o mundo.

 

“Dar voz às crianças” é o mote. Em França, por exemplo, realiza-se um Conselho de Ministros com crianças, com a participação do Presidente, Emmanuel Macron. No Reino Unido, David Beckham vai ser entrevistado por crianças em dois programas de televisão. Em Portugal, um dos destinos de um grupo é mesmo o Ministério da Educação. Vai ser recebido pela secretária de Estado adjunta Alexandra Leitão. E fazer-se ouvir.

 

O PÚBLICO associou-se à celebração: Daniela, Nuno, Patrícia e Catarina vieram à redacção, em Lisboa, na sexta-feira. Para a entrevista que se segue, há um guia de leitura: estas crianças e jovens pertencem a grupos da Unicef, onde é trabalhada a participação infantil e é estimulada a reflexão sobre os seus direitos. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Direitos das Crianças (versão amigável) 
 
Edição em português: Convenção sobre os Direitos da Criança (Versão amigável)
Primeira edição: Junho de 2015
Tiragem: 5000 exemplares
ISBN: 978-972-704-385-9
Execução gráfica: Editorial do Ministério da Educação e Ciência
Ilustração: Margarida Ramos Matias Design e paginação: DSATD Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social (MSESS) Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) Direção de Serviços deApoioTécnico e Documentação (DSATD).

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

filosofia.png

 OfícioRegulamentoRecursos

 

Foi lançado ontem, Dia Mundial da Filosofia, a quarta edição do Concurso Ensaio Filosófico.

 

Promovido pela Associação de Professores de Filosofia (ApF), em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, o concurso Ensaio Filosófico no Ensino Secundário, que se dirige a todos os alunos do ensino secundário público e privado, visa a promoção do interesse pela escrita e reflexão filosóficas, a consolidação de competências em literacia da informação, para além de evidenciar a importância da disiciplina de Filosofia na formação geral dos alunos e de divulgar o trabalho nas escolas com este nível de ensino.

 

Qualquer esclarecimento adicional pode ser solicitado através do seguinte endereço eletrónico: dir.apfilosofia@gmail.com.

 

por Isabel Nina

Coordenadora interconcelhia

Autoria e outros dados (tags, etc)

alea.png

 

O ALEA – Ação Local de Estatística Aplicada – é um projeto de parceria que visa a elaboração e disponibilização de instrumentos de apoio ao ensino e à aprendizagem da Estatística.

 

O ALEA foi apresentado publicamente em 1999, com o propósito de proporcionar instrumentos relativos à compreensão, à utilização e ao ensino da Estatística, destinados essencialmente aos docentes e alunos do ensino secundário. A natureza e o âmbito da atividade que desenvolveu desde então justificaram o prémio internacional de “Best Cooperative Project Award” que lhe foi atribuído em 2007.

 

Mas era tempo de mudar! Por isso, as entidades que, em parceria, dinamizam o ALEA – Instituto Nacional de Estatística, Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e Escola Secundária de Tomaz Pelayo – apresentam agora um novo Portal ALEA (www.alea.pt).

 

Mantendo-se o propósito e a natureza dos conteúdos – promover a literacia estatística junto da comunidade educativa, em especial, mas também da sociedade em geral – dá-se-lhes um novo formato.

 

Pretende-se, assim, tornar esses conteúdos mais claros e acessíveis, a navegação mais simplificada e com melhor usabilidade, e também estar adaptado à nova realidade das redes sociais.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

cartaz-2-eterna-biblioteca-2017-2-a4.jpg

 FonteProgramaInscrição

 

A Câmara Municipal de Sintra promove, pelo décimo quinto ano consecutivo, a ETerna Biblioteca – Encontro de Professores e Educadores do Concelho de Sintra sobre Bibliotecas Escolares, a ter lugar nos dias 24 e 25 de Novembro de 2017, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

 

Painéis, conferências, ateliês vários e inaugurações, preenchem o evento. 

 

Acresce a esta edição a parceria estabelecida com o LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival, que permitirá apresentar sessões de cinema reservadas às escolas, bem como incluir no programa o Simpósio Internacional intitulado PODE A ARTE AINDA SER SUBVERSIVA?

Autoria e outros dados (tags, etc)

rede.png

Dempsey, L. (2014). [e-Book]  The Network Reshapes the Library:

Lorcan Dempsey on Libraries, Services, and Networks. Chicago, ALA.

 

Desde que comenzó a publicar en 2003, Dempsey ha utilizado su blog para explorar casi todas y cada una de las cuestiones importantes en relación con la tecnología aplicada a las biblioteca, aspectos que cubren la aparición de la Web 2.0 como un concepto de código abierto hasta el desarrollo de los sistemas de gestión de bibliotecas a escala Web, ofreciendo a los lectores una valiosa perspectiva y visión, así como un enfoque único para el futuro de las bibliotecas.

 

El libro recoge una selección experta de las entradas del blog de Dempsey. Mostrando lo que ha acontecido en las bibliotecas durante la última década y también proporcionando indicios de incalculable valor sobre hacia dónde se dirigen ahora.

 

Ler mais >>

 

Arévalo, J. (2016). La Red cambia el concepto de bibliotecaUniverso Abierto. Retrieved 15 November 2017, from https://universoabierto.org/2016/04/18/la-red-cambia-el-concepto-de-la-biblioteca/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

horizon.png

 Download Digital Toolkit | 2017

 

Quais são as tendências e as tecnologias que impulsionarão as mudanças educacionais? Quais são os desafios que consideramos solucionáveis ou difíceis de superar, e como podemos projetar estratégias para encontrar soluções efetivas?

Estas foram as questões que conduziram a pesquisa colaborativa e a discussão de um grupo de 61 especialistas que produziram o Relatório K12 Horizon sobre a adoção de tecnologia e a mudança educacional.

(...)

 

Ler mais >>

 

Arévalo, J. (2017). Tendencias retos y desarrollos tecnológicos en bibliotecas escolares 2017Universo Abierto. Retrieved 14 November 2017, from https://universoabierto.org/2017/11/13/tendencias-retos-y-desarrollos-tecnologicos-en-bibliotecas-escolares-2017/

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Twitter_