Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




nobel.png

 

 

E o Nobel regressou ao romance | por Isabel Lucas, Público

 

Evitando a polémica dos últimos dois anos, a Academia Sueca deu o prémio a um escritor de romances. Kazuo Ishiguro não gera paixões mas sossega quem acha que o Nobel andava a negar o cânone: é um inglês tranquilo que transporta a tradição para uma literatura que quer arriscar.

 

É o regresso ao romance. Constatação óbvia depois de ouvir o nome do inglês Kazuo Ishiguro como vencedor do Nobel da Literatura de 2017. Depois da jornalista bielorussa Svetlana Alexievich, em 2015, e do músico norte-americano Bob Dylan, em 2016. Não é literatura, é jornalismo, ouviu-se sobre a primeira. Não é literatura, são letras de canções, escutou-se sobre o segundo, com o mundo literário a dividir-se sobre se se poderá considerar poesia o que Dylan escreve. Quem gosta de apostar assegurou que 2017 seria o ano do regresso ao romance canónico com a atribuição do Nobel a um nome inquestionável. Não há dúvida: ao escolher Ishiguro, a Academia Sueca premiou um romancista, mas, como ironizou ontem Salman Rushdie, satisfeito com a escolha, ele também toca viola e escreve letras para canções. O Nobel não veio, no entanto, por isso, mas pelos seus "romances de grande força emocional, que revelam o abismo da nossa ilusória sensação de ligação ao mundo", como explicou Sara Danius, secretária permanente da Academia perante uma audiência que reagiu de forma morna, e a desilusão de todos os que antecipavam que este ano o prémio seria para um dos eternos nobelizáveis, como Philip Roth, Joyce Carol Oates, Ismaïl Kadaré, Javier Marías ou António Lobo Antunes. Como se Kazuo Ishiguro não fosse suficientemente sonante para que o Nobel da Literatura recuperasse das polémicas anteriores. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

O 5 de Outubro explicado aos mais pequenos (nova versão)
 
Conteúdo relacionado:

 

Download da apresentação acima (.pptx)

Autoria e outros dados (tags, etc)

blimunda.png

 Fonte |

 

A Blimunda deste mês inaugura uma nova rubrica. Joana Simões Piedade abordará a questão dos direitos humanos nesse novo espaço. Na primeira colaboração a jornalista e ativista portuguesa conta, através de relatos dos que passaram por situações limite, a sua experiência como voluntária num campo de refugiados.

 

Uma das mais antigas feiras portuguesas, a Feira da Luz atrai há séculos comerciantes e visitantes ao bairro de lisboeta de Benfica. A revista esteve lá e conta o que viu.

 

Para que serve uma biblioteca? Mais do que administrar um acervo, uma biblioteca pode ter múltiplas valências que devem ser pensadas a partir do seus utilizadores. É esse o tema abordado no nosso espaço destinado à literatura infantil e juvenil.

 

A secção Saramaguiana recupera uma entrevista de José Saramago ao extinto jornal grego Eleftherotypia, em 1998. “Todos os escritores são autodidatas”, disse o escritor umas semanas depois de ganhar o Prémio Nobel. Palavras que, por fim, são dadas a conhecer em português.

 

Boas leituras e bom outono!

Autoria e outros dados (tags, etc)

loures.png

 ProgramaInscrição |

 

Bibliotecas e Literacias: novos desafios! é o nome do encontro que terá lugar, no dia 17 de outubro, a partir das 9h15, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures.

 

Dirigido a professores bibliotecários, professores, pessoal não docente afeto às bibliotecas escolares, técnicos de biblioteca e outros, este encontro pretende sensibilizar os profissionais para a importância do desenvolvimento de competências a nível das literacias, nomeadamente científica e digital, partindo da evidência de que os meios digitais integram a vida quotidiana das crianças e jovens.

 

Os professores deverão possuir habilidades digitais e científicas para desenvolver e dinamizar atividades pedagógicas que promovam a literacia nas crianças e jovens, o pensamento crítico, o trabalho colaborativo, a partilha de ideias, a resolução de problemas e a tomada de decisões, dentro e fora do contexto escolar, preparando-os para uma cidadania ativa e consciente e para a inclusão social.

 

O encontro, certificado pelo Centro de Formação de Professores da Associação de Escolas Loures Oriental, como ação de curta duração, é de participação gratuita sujeita a inscrição prévia e limitada à capacidade da sala.

Autoria e outros dados (tags, etc)

emilia.png

 

A Revista Emília faz 6 anos e dá-nos um presente: O caderno Emília N.º 0.

 

Esta nova publicação tem como objetivo aprofundar o debate crítico sobre temas chaves em torno da formação de leitores, da promoção do livro e da leitura. Uma iniciativa para proporcionar leitura mais aprofundada das questões sobre as quais a revista já vem tratando em sua trajetória.

O número de estreia é dedicado ao escritor Gil Veloso – com um conto inédito seu – e à ilustradora Mariana Zanetti. Ao longo de suas 164 páginas, traz entrevistas e também artigos de Cecilia Bajour, Constantino Bértolo, Marcela Carranza, Maria Teresa Andruetto e Sara Bertrand.

Publicação on-line, Cadernos surge com o desafio de oferecer reflexões mais consistentes, densas, como contraponto à volatilidade que caracteriza o ambiente digital. Cadernos Emília começa com esta edição em 2017 e pretende chegar a três em 2018.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

estrategia.png

 Download|

 

Centro de recursos e de conhecimento internos à escola

As bibliotecas escolares constituem-se como uma estrutura congregadora de recursos e metodologias de trabalho a mobilizar para o desenvolvimento da Estratégia de Educação para a Cidadania na Escola, através da articulação com os diversos parceiros da escola e da comunidade.

(...)

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

cite.png

 

Citações bibliográficas seguindo as normas APA, Harvard, Chicago e MLA de qualquer página web que se visite, é o que faz a extensão para o Google Chrome de Citethisforme.com, um portal com ferramentas úteis para criar uma bibliografia completa.

cite.png

Esta extensão para Google Chrome é útil para citar páginas web pois faz a sua função de forma automática, com apenas um clique no respetivo botão  “Cite This For Me: Web Citer” na barra de extensões do navegador. Reconhece automaticamente as etiquetas de autor, títulos, data e o URL. O que fica por fazer é copiar e colar a citação ou exportá-la para Citethisforme.com para uma melhor gestão.

 

Esta é uma ferramenta útil para os alunos se habituarem a citar as fontes, em linha, que usam nos trabalhos académicos. O administrador da rede da escola pode, facilmente, instalá-la nos computadores da biblioteca escolar equipados com o navegador Chrome. Pode ainda servir como pretexto para se falar da importância da citação e para se determinar, de forma efetiva, a norma a seguir na escola/ agrupamento. 

 

Instalar a extensão (Google Chrome)

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 4/4



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Twitter_