Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




mithos.png

I Encontro Mithós A Ler, vai ter lugar nos próximos dias 3 e 4 de Novembro de 2017, em Vila Franca de Xira, conforme o programa em anexo

 

Este evento inclui uma formação acreditada para Professores, intitulada Leituras Inclusivas para todas as idades, correspondendo 12h de formação a 0,5 Créditos.

 

Mais se informa que existirá intérprete de Língua Gestual Portuguesa e que todos os espaços são acessíveis, de acordo com a lei.

 

Caso pretenda participar, agradece-se que efectue a sua inscrição preenchendo este formulário.

A Inscrição é gratuita, porém obrigatória.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coolbooks_fb_carregado_Contos_de_Arrepiar.png

 

A coletânea Contos de Arrepiar  agrega os melhores contos participantes na iniciativa Ler é Cool. 

 

Foram os vencedores da iniciativa "Escreve o próximo Criptoconto", realizada no âmbito do programa de promoção da leitura digital nas escolas - Ler é cool. 


Entre os mais de 200 contos recebidos, e após um rigoroso processo de seleção, as histórias que agora se publicam foram as escolhas unânimes do júri, e prometem deixar arrepiados os leitores mais ousados. 

 

Dada a elevada qualidade dos originais apresentados a concurso a escolha não foi fácil. O resultado é uma coletânea de excelentes contos, que demonstram o excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelas Escolas, designadamente pelas Bibliotecas Escolares.

 

Os contos agora publicados, e respetivos autores, são:

Título

Autor

Escola

Oriane

Ana Beatriz Ribeiro Martins

Escola Secundária Fernando Namora

Biblioteca à noite

Anabela Melo

Escola Básica Integrada da Maia

O Orfanato de Salomé

Daniela Araújo Gonçalves

Escola Básica D. António Ferreira Gomes

O espírito de Ana

Diana Pinto

EB 2,3 de S. Torcato - A. E. do Vale de S. Torcato

As mãos em Mariana

Lara Ramires Simões

E. S. Dr. António Carvalho de Figueiredo

Ela

Raquel Maria Galvão Cardoso

Escola Secundária Fernando Namora

 

Para aceder ao epub que reúne estes arrepiantes e fantásticos contos, aceda a https://www.wook.pt/landingpage/freeebooks/?id=19595923. O livro ficará adicionado à sua biblioteca da Wook, como excerto. Ao abrir a obra e percorrer as primeiras páginas, surgirá uma janela pop-up a convidar a fazer o download da obra completa, que a partir desse momento ficará disponível para leitura. 

 

APPS:

Google Play

Apple Store

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

A RBE inicia com esta "Maratona de Cartas" a colaboração com a Aministia Internacional, como forma de promover ações no âmbito da Cidadania e em articulação com a disciplina “Cidadania e Desenvolvimento”.

 

A “Maratona de cartas” é o maior evento de direitos humanos organizado pela Amnistia Internacional (AI). Milhões de pessoas em todo o mundo assinam cartas em prol de pessoas e comunidades em risco. Esta iniciativa tem como objetivo “Chamar a atenção para estes casos, o que poderá resultar numa melhoria das condições de pessoas e comunidades em risco." A maratona deste ano tem como particular destaque a proteção dos defensores dos direitos humanos.

 

A maratona tem um conjunto de materiais muito específicos a que as escolas poderão ter acesso sem qualquer custos. São os seguintes:

  • Kit informativo;
  • Cartas A5 para assinatura individual, de cada caso;
  • Abaixo-assinados A4, de cada caso;
  • Brochuras informativas de cada caso;
  • Poster geral da maratona de cartas;
  • Autocolante geral da Maratona de Cartas;
  • Lanternas para suporte de velas sobre cada um dos casos;
  • Planos de aulas;
  • Vídeos sobre os casos (disponíveis brevemente)

 

Para participarem, as escolas deverão preencher o formulário de inscrição que se encontra no site em http://www.amnistia.pt/euassino/ 

 

A participação online é também possível e incentivada! Todas as pessoas poderão assinar os casos, no site www.amnistia.pt/euassino  a partir do próximo dia 10 de novembro.

 

As escolas podem pedir sessões de educação para os direitos humanos. Mais informações em: https://www.amnistia.pt/grupos/.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

forum

 Programa

 

Vai decorrer, no próximo dia 3 de novembro, pelas 14h30, na Escola Secundária D. Filipa de Lencastre, o II Fórum Informal sobre Literacia Mediática.

 

É uma iniciativa da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) e do Grupo Informal sobre Literacia Mediática (GILM) – composto pelo Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, a Comissão Nacional da UNESCO, o Conselho Nacional de Educação, a Direção-Geral de Educação, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social, a Fundação para a Ciência e Tecnologia, o Plano Nacional de Leitura 2027 e a Rede de Bibliotecas Escolares.

 

Este encontro terá um painel subordinado ao tema “Internet, Proteção de Dados e Literacia dos Media” e contará com diversas intervenções, moderadas por Sérgio Gomes da Silva, Diretor de Serviços de Política Legislativa para os Media (SGPCM).

 

A entrada no evento é livre. Confirme a sua presença para gielm2009@gmail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

app.png

 Fonte |

 

 O Centro de Competência TIC - Santarém lança a APP para dispositivos Android "Fábulas de La Fontaine", da autoria da colega Teresa Pacheco.

 

Esta App, para dispositivos Android, inclui 6 fábulas de La Fontaine, para ler e ouvir. Cada fábula inclui um conjunto variado de jogos e atividades.

 

Inclui uma versão em inglês. Destina-se a alunos dos 1º e  2º ciclos.

 

Pode ser instalada em telemóveis, mas foi especialmente concebida para ser visualizada em tablets.

 

Google Play: Fábulas de La Fontaine

Autoria e outros dados (tags, etc)

concurso.png

 RegulamentoInscrição |

 

A prevenção da corrupção faz-se com todos, todos os dias

Sabendo-se que as intervenções na área da prevenção ganham maior eficácia quando iniciadas junto da população mais jovem e considerando a experiência recolhida nos últimos cinco anos de trabalho com as escolas dos ensinos básico e secundário, o Conselho de Prevenção da Corrupção (CCPC ), em colaboração com o Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027) e com o apoio de diversos parceiros, lança a 6ª edição do Concurso Imagens Contra a Corrupção.

 

Pretende-se desafiar os alunos a abordarem de forma crítica o sentido de situações presentes em textos diversos (romances, banda desenhada, textos informativos ou outros), que despertem o interesse dos jovens e onde se identifiquem infrações ou casos de corrupção. Os alunos, motivados por estas descobertas, devem refletir em conjunto com os seus professores a importância dos valores de ética e de cidadania, bem como o reflexo destes na prática quotidiana de todos nós.

 

Público-alvo

O concurso destina-se a turmas ou grupos de alunos do 4º ano do 1º ciclo, dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, que frequentam os estabelecimentos de ensino das redes pública ou privada.
 
 

Calendarização

  • Até 24 de novembro de 2017 – inscrição / preenchimento de formulário online , no sítio do CPC ;
  • Até 29 de março de 2018 - apresentação dos trabalhos / preenchimento de formulário online, no sítio do CPC ;
  • Até 30 de abril de 2018 - divulgação dos resultados;
  • Até final de maio de 2018 - entrega de prémios em evento público a anunciar pelo CPC.

 

Ler mais >>

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

A aprendizagem da leitura e da escrita começa muito antes da escolaridade formal, através dos contactos diários que a criança vai tendo com a linguagem escrita, nomeadamente em contexto familiar.

 

O envolvimento em práticas de literacia permite à criança desenvolver, desde muito cedo e de forma contínua, um conjunto de conhecimentos, atitudes e competências relativas à linguagem escrita que antecedem e preparam a aprendizagem formal da leitura e da escrita e que se denomina Literacia Emergente.

 

As novas orientações curriculares para o pré-escolar são muito claras nas propostas que fazem para o desenvolvimento da literacia emergente quer em contexto de sala quer na articulação com as famílias.

 

Não se querendo escolarizar o pré-escolar, é fundamental que os educadores-de-infância sejam capazes de intencionalmente identificar oportunidades para que, de modo contextualizado, lúdico e significativo para a criança, esta possa desenvolver estas competências, de que faz parte a motivação para aprendizagem da leitura e da escrita.

 

Também os professores de 1.º ciclo deverão estar a par do processo de descoberta e aquisição da leitura e da escrita, já que as competências de literacia emergente não remetem para a ideia de pré-requisitos, pelo contrário, baseiam-se na certeza de que o desenvolvimento da literacia se faz de forma continua e que beneficia de uma maior articulação e congruência entre as experiencias de aprendizagem no pré-escolar e no 1.º ciclo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

expres.png

 Clique na imagem para visualizar a informação na fonte.


Que somos um país de poetas já todos sabemos. Mas será que lemos tanto quanto escrevemos? A realidade entre aquilo que se edita e aquilo que a população lê é muito diferente. E, sobretudo, coloca-nos na cauda da Europa no que respeita a hábitos de leitura. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos para explicar quem lê, o que lê e como lê

 

 

Como lê este país
Como lê este país. (2017). Jornal Expresso. Retrieved 27 October 2017, from http://expresso.sapo.pt/multimedia/259/2017-10-26-Como-le-este-pais

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 
 
No mês em que se anuncia o vencedor da 10ª edição do Prémio José Saramago, a Blimunda dedica o seu editorial a este momento que, de dois em dois anos, distingue autores e autoras de até 35 anos com obra publicada originalmente em língua portuguesa.
 
Para este número 65, a Blimunda conversou com Cecília Silveira, fundadora da Sapata Press, editora que se propõe a publicar, entre outros assuntos, livros relacionados com a temática LGBT.
 
A revista publica, pela primeira vez em português, um texto de Leila Guerriero sobre Madame de Bovary e uma leitura do romance de Flaubert nas Pampas argentinas. O texto foi lido pela jornalista argentina em Lisboa neste mês de outubro durante uma sessão na Casa Fernando Pessoa. Podem as cidades existir sem direitos humanos, pergunta-se Joana Simões Piedade no seu espaço denominado Vozes.
 
Andréa Zamorano escreve um conto entitulado Banheira.
 
Na secção infanto-juvenil, a Blimunda conta um pouco do trabalho da atriz e promotora de leitura Madalena Garnier Marques.
 
A Saramaguiana deste número dedica as suas páginas a algumas mensagens e fotografias que integram Com o mar por meio – uma amizade em cartas, livro de correspondência entre Jorge Amado e José Saramago que foi publicado no Brasil em julho e que, a partir de novembro, estará disponível em Portugal numa edição da Companhia das Letras Portugal.

 

Blimunda #65 - outubro 2017. (2017). Scribd. Retrieved 27 October 2017, from https://pt.scribd.com/document/362564744/Blimunda-65-outubro-2017#from_embed

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para 2017, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabeleceu o dia 23 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal.

 

Durante este mês de outubro as bibliotecas escolares têm vindo a produzir cartazes que assinalam o chamado MIBE, Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Pode vê-los aqui:

Cartazes MIBE 2017 no Twitter
Cartazes MIBE 2017 no Facebook

 

Por outro lado, recorde-se, Ligando comunidades e culturas foi o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).

 

Concurso

O concurso de ideias “Ligando comunidades e culturas” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE. O seu objetivo principal é fomentar um debate em torno do tema. Desse debate surgirão as ideias-chave e as estratégias para que a biblioteca se apresente como o lugar onde se ligam comunidades e culturas.

 

Até 3 de novembro, os alunos são desafiados a refletir, a pôr a sua criatividade em ação e a apresentar uma ideia. O desafio consiste na criação de um jogo original que permita aos utilizadores da biblioteca abordar a temática proposta para o MIBE, de uma forma aliciante e lúdica. Os participantes deverão seguir com rigor o estipulado no regulamento.

 

À ideia vencedora será atribuído o prémio Teresa Calçada.

 

Além deste desafio, as bibliotecas devem também aproveitar as propostas da IASL que constam da página dedicada ao ISLM (International School Library Month): Skype project; Bookmark Exchange Project; GiggleIT e partilha de atividades (What people are doing for ISLM).

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Twitter_