Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




in.png

 

 

A RBE esteve na Iniciativa Portuguesa sobre a Governação da Internet, dia 29 de setembro. A Iniciativa  abordou com profundidade as questões relacionadas com o Regulamento Geral de Proteção de Dados, que estão na ordem do dia.

 

O Regulamento vai influenciar a vida das instituições e empresas, públicas e privadas, passando pelas escolas e pela vida de cada um de nós, como cidadão.  

 

Para percebermos melhor esta problemática publicamos a intervenção de Raquel Alexandra B. Castro, do Centro de Investigação Jurídica da Faculdade de Direito, da Universidade de Lisboa, que integrou o painel: "Liberdade de expressão, pegada digital e privacidade na Internet" 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

É ja nesta segunda feira, dia 2 de outubro, em direto, das 14:00h às 15:00h, que vamos ver o SOBE, um projeto da Direção Geral da Saúde (DGS), do Plano Nacional de Leitura (PNL) e da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), no programa Sociedade Civil, da RTP2.

O tema do programa, apresentado pelo jornalista Luís Castro, é a Saúde oral.

Recorde-se que o SOBE nasceu em 2011 e desde então desenvolve ações de promoção da leitura, da felicidade e da saúde, juntando de forma notável a saúde oral e as bibliotecas escolares.
Saiba como...

A não perder.

E para o não perder mesmo... ou até rever basta clicar aqui.

 

Ligações relacionadas:

Autoria e outros dados (tags, etc)

eu1.png

 

The EU General Data Protection Regulation, [e-Book]  allenovery.com, 2017.

Regulamento em português.

 

Depois de mais de quatro anos de discussão, o novo quadro de proteção de dados da UE foi adotado em 8 de abril de 2016. 

Adopta-se o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD). O RGPD substituirá a presente directiva e será directamente aplicável em todos os Estados-Membros sem a necessidade de aplicar a legislação nacional. Terá vigência em 25 de maio de 2018.

 

Os princípios e regras relativos à protecção das pessoas singulares no que se refere ao tratamento de dados pessoais devem, independentemente da sua nacionalidade ou residência, respeitar as liberdades e os direitos fundamentais, nomeadamente o direito à protecção de dados pessoais.

 

Este regulamento visa contribuir para a plena realização de uma área de liberdade, segurança, justiça e união económica, para o progresso económico e social, para o fortalecimento e convergência das economias no mercado interno e para o bem estar das pessoas.

 

A Directiva 95/46 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho visa harmonizar a protecção dos direitos e liberdades fundamentais das pessoas singulares em relação às actividades relacionadas com o tratamento de dados pessoais e assegurar a livre circulação desses dados entre os Estados-Membros.

 

O processamento de dados pessoais deve ser projetado para servir a humanidade. O direito à protecção dos dados pessoais não é um direito absoluto, mas deve ser considerado em relação ao seu papel na sociedade e manter o equilíbrio com outros direitos fundamentais, de acordo com o princípio da proporcionalidade.

 

O presente regulamento respeita todos os direitos fundamentais e observa as liberdades e os princípios reconhecidos na Carta e consagrados nos Tratados, em particular o respeito pela vida privada e familiar, o lar e as comunicações, a protecção dos dados pessoais, liberdade pessoal, liberdade de pensamento, consciência e religião, liberdade de expressão e informação, liberdade de empresa, direito à proteção judicial efetiva e julgamento justo e à diversidade cultural, religiosa e linguística.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

mabe.png

 CartazRegulamento e orientaçõesFicha

 

Este é o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).

 

O concurso de ideias “Ligando comunidades e culturas” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE. O seu objetivo principal é fomentar um debate em torno do tema. Desse debate surgirão as ideias-chave e as estratégias para que a biblioteca se apresente como o lugar onde se ligam comunidades e culturas.

 

Até 3 de novembro, os alunos são desafiados a refletir, a pôr a sua criatividade em ação e a apresentar uma ideia. O desafio consiste na criação de um jogo original que permita aos utilizadores da biblioteca abordar a temática proposta para o MIBE, de uma forma aliciante e lúdica. Os participantes deverão seguir com rigor o estipulado no regulamento.

 

À ideia vencedora será atribuído o prémio Teresa Calçada.

 

Além deste desafio, as bibliotecas devem também aproveitar as propostas da IASL que constam da página dedicada ao ISLM (International School Library Month): Skype project; Bookmark Exchange Project; GiggleIT e partilha de atividades (What people are doing for ISLM).

 

Para 2017, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 23 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar em Portugal.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tecnologias Educativas. PLE – Entornos Personales de Aprendizaje © UPV (Universitat Politècnica de València)

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

video.png

 NetPublic |

 

Planificar, realizar e difundir vídeos educativos: diretrizes e sugestões para os professores, é o título de um dossiê informativo muito interessante, concebido por 4 professores do Quebec e publicado em setembro de 2017 (descarregar aqui em PDF).

 

Índice de matérias do dossiê : produzir vídeos educativos

  1. État de la question : facteurs à considérer pour des vidéos éducatives efficaces
    1.    Quelques avantages associés à l’usage de la vidéo
    2.    La charge cognitive
    3.    La participation active des étudiants
    4.    L’apprentissage actif
  2. Dans la pratique pédagogique : quelques conseils pour l’élaboration des capsules vidéo
    1. Choix des contenus
    2. Planification des vidéos
    3. Longueur des vidéos
    4. Styles possibles
    5. Outils de création de contenu
    6. Outils de distribution
  3. Conclusion
  4. À propos des auteurs
  5. Références utiles

 

(Via e-learning Bretagne)

 

Licence : Lire la licence dans une nouvelle fenêtre Creative Commons by-nc-sa
Géographie : International

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

26 Facts about Libraries - mental floss List Show Ep. 518

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por iniciativa do Conselho da Europa, sedeado em Estrasburgo, o Dia Europeu das Línguas tem vindo a ser assinalado, todos os anos desde 2001, no dia 26 de setembro.

 

Por ocasião do DEL, organiza-se em toda a Europa uma série de iniciativas: atividades para e com crianças, programas de rádio e de televisão, aulas de línguas e conferências. As autoridades nacionais e os vários parceiros têm toda a liberdade para organizar atividades. Para coordenar as atividades a nível nacional, os países participantes são convidados pelo Conselho da Europa a nomear “Pessoas de Contacto Nacional” para o DEL.

 

Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Quando as palavras tocam e podem fazer a diferença. O projecto A Poesia não tem grades está disponível para se deslocar às escolas e partilhar a experiência de 14 anos de inclusão pela arte nos estabelecimentos prisionais portugueses.

 

"A Poesia não tem grades é um modelo de inclusão social que utiliza a leitura, a escrita e a experimentação artística como instrumentos de trabalho privilegiados.

Iniciada em 2003, realiza-se em parceria com a Direcção-Geral da Reinserção e dos Serviços Prisionais, sendo o seu desenvolvimento e implementação da responsabilidade da Associação de Ideias, uma organização sem fins lucrativos direccionada para a promoção dos valores da cidadania." (...)

 

Ler mais >>

 

Sítio Web: http://apoesianaotemgrades.pt/

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

curadoria.png

Content Curation for Learning: The Complete Guide from Anders Pink, [e-Book] Anders Pink, 2017.

 

Neste livro gratuito de 120 páginas abordam-se algumas questões-chave sobre a curadoria do conteúdo e o seu papel na condução da aprendizagem contínua.O livro trata questões como: Por que é a curadoria de conteúdos importante para a aprendizagem? Qual é o papel dos profissionais da aprendizagem na curadoria de conteúdos? 

Um processo em 10 passos... para aprender através de 26 exemplos práticos.

Visto aqui.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Twitter_