Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




ano_novo.jpg

 

 

Ano-novo[1] ou ano-bom[1][2] é o momento em que um novo ano civil começa e quando um novo calendário anual é iniciado. Em muitas culturas ao redor do mundo, o evento é comemorado de alguma maneira, principalmente na véspera da data.[3]

 

O ano-novo do calendário gregoriano começa em 1 de janeiro (Dia do Ano Novo), assim como era no calendário romano. Existem inúmeros calendários que permanecem em uso em certas regiões do planeta e que calculam a data do ano-novo de forma diferente. A comemoração ocidental tem origem num decreto do imperador romano Júlio César, que fixou o 1 de janeiro como o Dia do Ano-Novo em 46 a.C. Os romanos dedicavam esse dia a Jano, o deus dos portões. O mês de Janeiro deriva do nome de Jano, que tinha duas faces (sendo, portanto, bifronte) - uma voltada para frente (visualizando o futuro) e a outra para trás (visualizando o passado). O povo romano era politeísta, ou seja, adorava vários deuses diferentes, e não existe nenhum relato de que o povo judeu que viveu nessa mesma época tenha comemorado o ano-novo, nem que tampouco que os primeiros cristãos o tenham feito. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

partilhar.png

 

Download .pdf | Fundação Telefónica - Espanha |

 

O título desta obra Si lo vives, lo compartes, refere-se à necessidade que têm os jovens de contar as suas experiências pessoais e grupais, partilhando fotos, vídeos ou ligações, com as pessoas do seu círculo íntimo, tudo isto em tempo real graças aos dispositivos móveis. (...)

 

Nombre autor: VV.AA.
Fecha: 18-10-2016

 

Ler mais >>

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

live.png

 NetPublic |

 

Facebook Live? Cette expression s’est imposée en quelques mois dans le monde du Web en 2016 : il s’agit d’un groupe de fonctionnalités offertes par le fameux réseau social pour diffuser de la vidéo en direct que ce soit via un compte profil Facebook ou une page Facebook.

Facebook Live permet avec simplicité via l’application (en situation de mobilité) et/ou le service en ligne du populaire réseau social numérique non seulement de diffuser de la vidéo et du son en direct mais aussi d’interagir avec les utilisateurs de la plateforme via le système habituel de commentaires…

 

Comment échanger et interagir en mode direct vidéo

Il s’agit là d’une nouvelle façon de concevoir l’échange avec des internautes et mobinautes que ce soit pour un projet de communication et/ou de marketing aussi bien pour une entreprise, une institution, une association ou un groupe projet.

 

Facebook direct : Mode d’emploi

Pour maîtriser Facebook Live, acquérir des connaissances et des compétences quant à l’usage de la vidéo en direct sur ce réseau social numérique, rien de mieux qu’un mode d’emploi.

Le blog Webmarketing & Com a proposé dès septembre 2016, un guide complet de Facebook Live en 7 parties afin de mieux saisir les subtilités de l’outil mais également dans un souci d’optimisation de l’utilisation de la vidéo en direct sur Facebook.

Exemples, stratégies et bonnes pratiques constituent ce dossier complet pour utiliser Facebook Live :

 

Guide complet en 7 parties pour se lancer sur Facebook Live

Le guide complet pour se lancer sur Facebook Live (1re partie),

Comment lancer son Facebook Live (2e partie),

Facebook Live : Comment bien optimiser ses vidéos pour augmenter leur viralité (3e partie),

5 idées de contenus sur Facebook Live pour booster votre marketing et votre communication (4e partie),

Facebook Live : Donnez plus de vie à votre Live (5e partie),

Facebook Live : Les outils indispensables pour réussir votre Facebook  Live (6e partie),

Facebook Live : Monétisez vos vidéos Facebook Live (7e partie).

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Natal de 2016

25.12.16

natal.png

 Ensina RTP |

 

Em que dia nasceu Jesus Cristo?

 

É aceite pelos cristãos que Jesus nasceu no dia 25 de Dezembro, mas clérigos e cientistas têm dúvidas fundadas sobre a validade desta data. De resto é também quase certo que o Deus-menino não nasceu no ano zero.

 

Herodes morreu antes do ano zero e em Dezembro os pastores de Belém não estariam nas montanhas com os seus rebanhos, mas sim em zonas mais baixas. Dois detalhes que podem fazer toda a diferenças quando se analisa de forma mais cuidada ou científica a data que é apontada como sendo a do nascimento de Cristo.

 

Outras informações também entram em conflito com a tradição. Explicações dadas por Frei Bento Domingues e o astrónomo Máximo Ferreira que recorrem aos evangelhos e os conhecimentos científicos para o fazer.

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

imagem.jpg

 

A iniciativa "Leer a imagen" da Consejería de Educación de Castilla y León dirige-se ao último ano do 1.º Ciclo e ao 2.º Ciclo. Através de curta-metragens de animação, com atividades pedagógicas e cinematográficas, pretende-se promover a alfabetização digital e o manejo de novos recursos, ressaltar a importância da leitura para aprender e o emprego de diferentes técnicas para melhorar a competência linguística.
O enfoque é interdisciplinar, favorecendo ainda o tratamento de temas transversais como a educação crítica e artística, desenvolvimento da convivência ou creatividade, entre outros.


Toda a informação neste link.

 

Fonte.

 

Conteúdos relacionados:

Autoria e outros dados (tags, etc)

jc.png

Jornal Económico |

 

João Couvaneiro foi distinguido pela Varkey Foundation como um dos melhores professores do mundo. Prémio é considerado o “Nobel da Educação”.

 
 

Já são conhecidos os 50 finalistas para o prémio Varkey Foundation Global Teacher Prize, que todos os anos premeia o professor que mais de destacou na profissão. E este ano há um rosto português entre os nomeados para aquele que é considerado o “Nobel da Educação”.

 

Trata-se de João Couvaneiro, um docente de história a lecionar no Colégio dos Plátanos, em Sintra. Autor de vários artigos científicos publicados em revistas nacionais e estrangeiras, João Couvaneiro é frequentemente convidado para escrever alguns capítulos de livros. Integra ainda o Gabinete do Secretário de Estado da Educação, onde desempenha funções de assessoria especializada na área da educação e formação de jovens e adultos.

 

Foi selecionado para o ranking dos 50 melhores professores de entre mais de 20.000 candidaturas provenientes de mais de 179 países.

 

João Couvaneiro escreve, na sua rede social Facebook, que é “uma enorme honra integrar a lista de 50 finalistas do Global Teacher Prize 2017” e diz-se “feliz com o reconhecimento do trabalho que tenho desenvolvido”.

 

A ideia de distinguir o melhor professor do ano da Varkey Foundation vai já na 3ª edição e tem o intuito de “dar visibilidade” e “elevar o status da profissão”, procurando aqueles que “mais inspiram os seus alunos e a comunidade ao seu redor”.

 

O vencedor final será conhecido uma cerimónia a realizar-se em março do próximo ano no Dubai, recebendo um prémio de 1 milhão de dólares.

 

in Jornal Económico

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tc.jpeg

 © Fotografia de Pedro Loureiro | Revista LER |


A cerimónia de entrega do primeiro prémio Teresa Calçada decorreu sexta-feira (16 de dezembro) na vila alentejana de Alter do Chão e contou com a presença do Delegado Regional do Alentejo, Manuel Maria Barroso, o presidente da Câmara Municipal de Alter do Chão, Joviano Vitorino, a directora do agrupamento de escolas, Ana Marques, a Presidente do Conselho Geral, Rita Roque, a Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Silva e a própria Teresa Calçada.

 

Este prémio foi instituído pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) por ocasião da comemoração dos seus 20 anos e destina-se a distinguir a biblioteca que melhor responder ao desafio lançado anualmente pela RBE no Mês Internacional da Biblioteca Escolar (outubro). Associa-se assim a boas práticas e boas ideias o nome de uma das fundadoras da RBE, sua coordenadora entre 1996 e 2013 e principal responsável pelo sucesso deste programa.

 

Nesta sua primeira edição, o desafio lançado aos alunos foi o concurso de ideias "Aprende a descodificar o teu mundo". Tratava-se da apresentação de propostas para melhorar a sua biblioteca escolar. A ideia vencedora, entre mais de quarenta, foi de três alunos do 9° ano do Agrupamento de Alter do Chão. Chama-se BLA (Biblioteca de Línguas em Ação) e prevê a comunicação e conhecimento mútuo entre alunos de várias escolas, ao mesmo tempo que ensinam uns aos outros as suas línguas. O vídeo de apresentação da ideia pode ser visto em https://youtu.be/tKjqgbiuQDQ.

 

O projecto vencedor,“Bla”, ou “Biblioteca de Línguas em Acção”, vai ser aplicado no Agrupamento de Escolas vencedor ainda durante este ano lectivo. 

 

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

rankings.png

 Sol |

 

O que os rankings não mostram, por João Costa

 

Os rankings que são disponibilizados pelos media habitualmente hierarquizam as escolas de acordo com as médias dos exames nacionais. Embora, nos últimos anos, se tenham vindo a integrar variáveis de contexto, esta seriação de escolas compara, por vezes, o que não é comparável e oferece um retrato bastante parcelar do trabalho desenvolvido.

 

Não tenho dúvidas de que é interessante para a comunidade saber qual o alinhamento da sua escola com um perfil nacional ou regional de desempenho. Tenho a certeza de que o interesse de uma lista ordenada de escolas é nulo. Mal comparado, é interessante para uns pais conhecerem o percentil de desenvolvimento do seu filho, mas é irrelevante saber qual a sua posição relativa em relação aos bebés todos do país.

Conhecer a qualidade de uma escola implica um olhar muito mais abrangente, pelo que são precisos mais indicadores e é necessário um olhar sistémico. Para isso, o Ministério da Educação tem vindo a disponibilizar mais indicadores, de que destaco: os Percursos Diretos de Sucesso, que medem o quanto a escola contribuiu para a progressão dos alunos; o indicador de desigualdades, que mede a dispersão de notas numa mesma escola; os indicadores por disciplina, que permitem uma análise comparada entre as disciplinas da mesma escola, estabilizando assim variáveis sociodemográficas, que a comparação entre escolas não permite controlar.

Mas há muito mais no trabalho das escolas que não tem sido valorizado e que os rankings não mostram. Trabalho que é essencial para o cumprimento da missão da educação:

1. Inclusão: há escolas que se destacam pelo trabalho absolutamente notável que fazem com alunos com deficiência, valorizando-os e incluindo-os. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

guia.png

 Download |

 

Guião destinado a orientar os professores bibliotecários na elaboração do relatório de avaliação.

 

Referência bibliográfica da página Internet [NP405-4]

PORTUGAL. Ministério da Educação. Gabinete da Rede Bibliotecas Escolares. Portal RBE: Modelo de avaliação da biblioteca escolar: guia de apoio à elaboração do relatório 2017 [Em linha]. Lisboa: RBE, atual. 27-10-2016. [Consult. 16-12-2016] Disponível em WWW: <URL: http://www.rbe.mec.pt/np4/1476.html>

Autoria e outros dados (tags, etc)

odio.png

 in Expresso | texto de Katya Delimbeuf | Download do manual |

 

Foi apresentada esta quinta-feira, na Fundação Gulbenkian, a versão portuguesa do manual do Conselho da Europa destinado a combater o discurso de ódio na internet. O Expresso falou com Claúdia Reis e com Margarida Saco, do Instituto Português do Desporto e da Juventude, para perceber o alcance deste recurso

 

É um manual de 214 páginas, que a partir de sexta-feira estará acessível ao público no site do Instituto Português do Desporto e da Juventude. O Expresso antecipa-o. Neste livro grosso está impressa a preocupação da Europa com um fenómeno crescente que inquieta todos: o discurso de ódio, onde se inclui, por exemplo, o 'ciberbullying'.

 

Insultar, discriminar, acossar, atacar, ameaçar através da internet em geral e das redes sociais em particular é, infelizmente, uma realidade que tomou proporções alarmantes: “6% dos utilizadores da internet entre os 9 e os 16 anos na Europa já reportou ter sido alvo de bullying 'online’”, explica Claúdia Reis, responsável do departamento de informação e comunicação do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), que trabalhou de perto na tradução para português do manual. “Portugal não tem ainda estatísticas concretas sobre esta temática, mas trabalha nesse sentido, em conjunto com a Polícia Judiciária”. (...)

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Ligações

Sítios Institucionais


Twitter





Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Twitter_